Conecte-se ao empreendedorismo

O que é MRR? Quais empresas podem utilizar esse indicador?

Tempo de Leitura: 3 minutos
Mão de uma pessoa digitando sobre uma calculadora o cálculo de MRR
ERP completo +  Conta PJ Integrada + Maquininha Stone com mensalidade zero

Supere seus concorrentes com a Gestão Integrada

Organize suas finanças e aumente suas vendas, tudo em um só lugar!

Se você é empreendedor com produtos e serviços por assinatura e não sabe o que é MRR, saiba que está deixando passar um indicador financeiro valioso para o seu negócio. Ele tem um potencial estratégico grande e pode trazer muitos benefícios à empresa quando usado adequadamente.

Então, se você quer ter um controle financeiro eficiente que te auxilie a diagnosticar a saúde do seu negócio e projetar crescimento, veja a seguir como o índice MRR pode te ajudar

O que é MRR?

O MRR é a sigla para Monthly Recurring Revenue, no inglês, ou Receita Recorrente Mensal, em português. Trata-se de uma métrica utilizada por empresas que atuam com assinatura recorrente, visando calcular a previsão de ganho mensal. 

Essa métrica ajuda a avaliar o crescimento da receita recorrente mensal, por meio do monitoramento de entrada, renovação e cancelamento de inscrições e planos.

Especialistas o consideram como um dos índices centrais a se verificar em um negócio. Isso porque ele auxilia no fornecimento de informações que diagnosticam o crescimento da empresa. Por meio dele, é possível unir a gestão empresarial estratégica com a financeira, otimizando os processos.

Atualmente, seu destaque maior é em empresas de SaaS, já que essas vendem serviços de softwares para otimizar operações.

Como calcular o MRR?

O cálculo do MRR pode ser feito de duas maneiras, ambas simples de colocar em prática. 

A primeira delas é a partir do número de pagamentos que a empresa recebe, dos clientes, mês a mês. Ele será  correspondente ao valor pago pelos assinantes do serviço oferecido, por sua empresa, por exemplo. 

Nesse caso, pegue a relação das assinaturas com vencimento para o mês subsequente e exclua os serviços variáveis (taxas de adesão, extras e afins). O número alcançado será o seu MRR.

MRR= valor total recebido

Exemplo: sua empresa tem 1.000 clientes que pagam R$100 em um plano. Logo, seu MRR é de R$100.000.

A segunda fórmula para calcular o MRR é multiplicando o número de clientes ativos, com base no valor mensal pago pelos contratos de assinatura fechados. 

Por exemplo: Sua empresa tem 100 clientes ativos, com contrato de fidelização de 12 meses, por R$ 100 por mês. Seu MRR é de R$ 10.000 mensais e R$ 120.000,00 ao ano.

Quais são os tipos de MRR?

O MRR é uma métrica que precisa ser atualizada conforme as movimentações que ocorrem com os clientes da empresa. Isso faz com que surjam os tipos de MRR para cada situação que acontece. Confira abaixo: 

Novos MRR ou New MRR (NMRR)

Clientes novos que a empresa adquiriu durante aquele mês.

MRR Adicionados

Atualizações feitas nos planos de serviços dos clientes, contratando um serviço mais caro.

MRR Cancelados

Clientes que cancelaram suas assinaturas.

MRR Reativados

Clientes que cancelaram suas assinaturas e retornaram suas contratações.

Qual a diferença entre MRR e ARR?

ARR é uma sigla em inglês para Annual Recurring Revenue, que em português significa Receita Recorrente Anual. Quando se deparar com a métrica financeira, saiba que ela é muito parecida com a MRR. Sua única diferença é o período analisado, que como o nome sugere, é por ano.

Para calcular a ARR basta multiplicar por 12 a MRR, já que são os meses que compõem o ano. Entretanto, vale ressaltar que o ARR é uma estimativa e não um dado real. Afinal, o MRR é variável cada mês por conta da movimentação de clientes.

MRR x 12 = ARR

Como acompanhar o indicador?

O indicador financeiro deve ser acompanhado mensalmente, conforme seu cálculo. Isso é importante para verificar se o negócio está conseguindo levantar o faturamento necessário e, até mesmo, se está em crescimento. 

É importante também sempre fazer comparações entre diferentes períodos. Muitas empresas vendem mais ou menos em determinados meses. Relatórios gerenciais são excelentes aliados para ter essa visão. 

Com essas informações é possível montar possíveis ações para diminuir um pouco o impacto na perda de clientes e aproveitar os momentos de aumentos para criar oportunidades de crescimento. 

Empresas de assinatura precisam investir muito no pós-venda e fidelização do cliente. Afinal, esses estão entre os principais fatores de renovação de contrato. Portanto, a dedicação e assistência ao consumidor deve ser a mesma desde o momento da venda até o uso do serviço efetivamente. 

Uma solução que pode auxiliar a identificar possíveis falhas na jornada desse cliente é a aplicação de pesquisas de satisfação periódicas. Além de saber o que precisa ser corrigido, pode-se mapear possíveis melhorias ao produto ou serviço, de modo que tenha maior valor agregado à marca e ao cliente.

Já para expansão do negócio, aproveitar a alta de contratações para lançar uma atualização na assinatura. Essa ação pode auxiliar no controle de vendas, dando insumos para que os vendedores convençam e conquistem mais clientes.

Agora que você já sabe o que é MRR, não deixe de usar a métrica de forma estratégica em sua empresa, caso trabalhe com produtos ou serviços por assinatura. 

Siga acompanhando o blog da vhsys para mais dicas sobre gestão empresarial!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de gestão online

Preencha os dados para iniciar
seu teste grátis de 7 dias no ERP vhsys.

Sistema de gestão online

Experimente grátis por 7 dias!