Conecte-se ao empreendedorismo

Chave Pix: o que é, para que serve e como usar?

Tempo de Leitura: 6 minutos
chave pix
ERP completo +  Conta PJ Integrada + Maquininha Stone com mensalidade zero

Supere seus concorrentes com a Gestão Integrada

Organize suas finanças e aumente suas vendas, tudo em um só lugar!

A chave pix é um dado bancário simples para facilitar transferências bancárias instantâneas. Esse formato de transação financeira revolucionou o mercado de pagamentos no Brasil e, hoje, é um dos meios mais utilizados para transferir dinheiro entre pessoas físicas ou jurídicas. 

Antes de 2020, para fazer transferências bancárias, era necessário passar uma série de dados bancários: código do banco, número da unidade bancária, código e dígito da conta, nome completo ou razão social, CPF ou CNPJ. Além disso, a maior parte dos bancos cobravam taxas para essas transferências.

Entretanto, com o lançamento do Pix pelo Banco Central do Brasil, toda essa burocracia foi reduzida para uma chave simples e com zero taxas para transferências feitas por pessoa física.

O que é chave pix?

Chave pix é uma informação que simplifica a transferência de dinheiro, excluindo a necessidade de fornecer dados bancários extensos, como CPF, agência e conta. Ao realizar um Pix, basta saber uma das chaves que identifica a conta bancária do destinatário, que pode ser apenas um CPF ou CNPJ, número de celular, e-mail, uma chave aleatória ou um QR Code.

chave pix x ted

Associar uma ou mais chaves à conta simplifica a transação, pois quem paga precisa apenas da chave, dispensando a necessidade de informar todos os detalhes da conta.

Mas, é importante destacar que o registro de chaves não é obrigatório; ainda é possível efetuar pagamentos informando todos os dados da conta, como em transferências TED.

Tipos de chaves pix

Existem quatro tipos de chaves pix que podem ser registradas:

  1. CPF ou CNPJ;
  2. E-mail;
  3. Número de telefone celular;
  4. Chave aleatória ou QR Code.

Como o pix surgiu?

O pix é um sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central do Brasil e disponibilizado em 2020. 

Antes do Pix, as transferências eram complicadas, com a necessidade de inserir muitas informações para uma única transação bancária. O Banco Central viu a oportunidade de simplificar esse processo e criou o Pix. As chaves Pix, são como “apelidos” para identificar contas.

O meio de pagamento foi rapidamente adotado pelos brasileiros. Em 2023, já são mais de 148 milhões de usuários do sistema pix – os dados são do Banco Central em relação ao mês do meio. 

Como criar uma chave pix?

Para criar uma chave é necessário ter uma conta bancária, seja pessoa física ou jurídica. Em seguida, basta seguir alguns passos simples:

  1. Entre no aplicativo ou plataforma online do seu banco
  2. Vá para a Seção Pix
  3. Clique em “Registrar Chave” ou opção similar
  4. Escolha o tipo de chave: opte por CPF/CNPJ, e-mail, telefone ou chave aleatória.
  5. Confirme seus dados
  6. Após confirmação, sua chave Pix estará pronta para uso. 

Como saber qual é a minha chave pix?

Para descobrir sua chave Pix, acesse o aplicativo ou plataforma online do seu banco, onde geralmente há uma seção específica para o Pix. Dentro dessa área, procure por opções como “Minhas Chaves” ou “Consultar Chave”. Lá, você encontrará a informação referente à sua chave Pix, que pode ser seu CPF, e-mail, número de telefone ou uma chave aleatória. Em caso de dúvida, consulte o suporte do seu banco para obter assistência.

Quem pode usar uma chave pix?

Qualquer pessoa, seja física ou jurídica, que possui uma conta bancária pode ter uma chave pix e receber transferências instantâneas.

É seguro usar o CPF como chave Pix?

Depende. A segurança ao usar o CPF como chave pix é garantida pela proteção da instituição bancária, uma vez que somente o titular do CPF pode associá-lo a uma chave pix. No entanto, como o CPF é uma informação sensível, evite compartilhá-lo com desconhecidos. Se preferir, opte por utilizar outras chaves, como e-mail ou uma chave aleatória.

Também é sempre importante manter cuidados básicos de segurança, como não compartilhar suas informações pessoais e ficar atento a possíveis atividades suspeitas em sua conta.

Por que usar chave pix?

Entre os vários benefícios do pix, a agilidade e a liquidação instantânea se destacam como um dos principais motivos da popularização desse sistema de pagamentos. 

  1. Simplicidade nas transações: facilidade de envio e recebimento de dinheiro sem a necessidade de fornecer dados extensos.
  2. Agilidade e instantaneidade: transações pix ocorrem em tempo real, proporcionando uma experiência ágil e instantânea.
  3. Variedade de chaves: flexibilidade na escolha da informação que consta como chave Pix, seja CPF, e-mail, número de telefone ou uma chave aleatória.
  4. Facilidade de recebimento: empresas podem criar chaves Pix vinculadas ao CNPJ ou utilizar o Pix Cobrança, tornando o pagamento mais prático para clientes e acelerando o fluxo de caixa devido ao recebimento instantâneo.
  5. Custos reduzidos: para pessoas físicas, o pix é gratuito. Mas, para pessoas físicas, as taxas de utilização do pix geralmente são mais baixas quando comparadas a transferências como TED, DOC ou boleto bancário.
  6. Integração com sistemas: a chave Pix pode ser integrada a sistemas de pagamento, facilitando a automação de processos financeiros.
  7. Disponibilidade 24/7: acesso a qualquer momento, inclusive finais de semana e feriados, oferecendo conveniência para realizar transações quando necessário.

Como usar pix na sua empresa

Atualmente, basicamente toda empresa precisa ter a opção de pix nas formas de pagamento, principalmente as que lidam diretamente com atendimento ao cliente.

Pix Cobrança

Para usar o pix na sua empresa, a melhor forma é o Pix Cobrança, uma funcionalidade que permite gerar cobranças instantâneas ligadas a cada pedido, simplificando o processo de recebimento. 

Com essa modalidade, a empresa pode criar faturas de forma direta, ágil e segura, proporcionando uma experiência eficiente tanto para a organização quanto para o cliente.

Para usar o Pix Cobrança, é necessário ter um conta bancária ou sistema que tenha essa opção. Um exemplo de software que disponibiliza Pix Cobrança é ERP vhsys, é gerado um QR code ou chave “copia e cola” a cada pedido, e é possível adicionar prazo de pagamento, multa ou juros a cada pedido – assim como no boleto bancário, a diferença é que o recebimento cai na hora em que o cliente fizer o pagamento. 

Pix na maquininha de cartão

Algumas máquinas de cartão disponibilizam a opção de pagamento via QR Code pix, o que é uma ótima opção para lojas, por exemplo.

Pix avulso

Também é possível cadastrar uma chave pix padrão na conta bancária da empresa e disponibilizar para os clientes. Porém, esse método é o menos recomendado para empresas, pois dá margem para erro, já que a responsabilidade de preencher o valor é do cliente. Além disso, não é possível controlar o prazo de pagamento, como no caso do Pix Cobrança.

Qual a chave pix mais segura?

A chave pix mais segura é a chave aleatória para pessoas físicas, pois não compartilha nenhum dado sensível, como CPF, e-mail ou telefone. Já para pessoa jurídica, a chave mais segura é o Pix Cobrança, pois permite inserir o valor da cobrança, prazo de pagamento, multa ou juros.

Lembrando que, entre as opções de chaves pix disponíveis para pessoa física, todas são projetadas com protocolos de segurança rigorosos. No entanto, a segurança depende, em grande parte, de como você gerencia e protege essas informações – já que CPF é um dado sensível que deve ser preservado. 

O que é portabilidade de chave pix

Portabilidade de chave pix é quando o título da conta deseja transferir a sua chave pix para outra conta bancária, ou seja, a chave passará a ser a identificação de uma conta diferente. 

Como alterar a chave pix 

Para alterar uma chave pix é necessário excluir a primeira chave para criar uma nova, pois não é possível editar uma chave já existente.

Cuidados ao utilizar chaves pix

O pix é seguro e fácil de usar, mas ainda é sempre importante tomar alguns cuidados, afinal, estamos falando de uma transação financeira.

Evite compartilhar dados sensíveis

Não compartilhe chaves pix que utilizem dados sensíveis, como CPF e telefone, com qualquer pessoa. 

Fique atento às informações das transações via pix

Monitore regularmente suas transações via pix para identificar qualquer atividade suspeita. Sempre revise os valores e os dados dos destinatários das suas transferências para evitar problemas.

Cuidado com o golpe do agendamento do pix

Um golpe comum é o agendamento do pix, em que o indivíduo faz um agendamento de pix, mostra o comprovante para o estabelecimento e, depois de receber seu produto ou serviço, cancela o agendamento. 

Utilize Pix Cobrança

O Pix Cobrança é uma forma segura e profissional das empresas cobrarem via pix, pois é uma chave vinculada a cada compra e nela já consta o valor, prazo de pagamento e até juros em caso de atraso. Com o Pix Cobrança, o cliente não precisa digitar os valores, o que evita erros ou golpes. Além disso, não é necessário que o estabelecimento confira comprovantes, pois a conclusão do pagamento aparece no sistema utilizado. 

Desconfie de mensagens ou ligações solicitando pix

Esteja alerta para possíveis golpes que envolvem solicitações de Pix por mensagens ou ligações. Bancos oficiais e instituições sérias não costumam fazer pedidos desse tipo.

Adicione limitações de horário e quantidade de transações 

Configure limitações em seu aplicativo bancário para horários específicos e quantidade máxima de transações. Isso adiciona uma camada extra de segurança às suas operações financeiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de gestão online

Preencha os dados para iniciar
seu teste grátis de 7 dias no ERP vhsys.

Sistema de gestão online

Experimente grátis por 7 dias!