Como calcular a margem de lucro?

Gabrielly Balão

Sabe como calcular a margem de lucro?

Sem dúvida, trata-se de um dos indicadores mais importantes dos negócios. Isso porque, por meio dele, é possível saber se a empresa está apresentando bons resultados, e, principalmente, saber se o empreendimento é viável ou não.

Afinal de contas, é impossível manter funcionando uma companhia que não dá lucro ou que dá prejuízo.

Vale ressaltar que margem de lucro e lucro não são a mesma coisa. A margem, como já dito, fornece informações importantes sobre a viabilidade da empresa, focando no longo prazo.

Por outro lado, o lucro trabalha mais no curto prazo e no imediato.

Está interessado em saber como esse cálculo pode ajudar a sua empresa? Continue lendo o post, vamos explicar o que é a margem, como fazer o cálculo, os diferentes tipos de lucro e a importância de calcular a margem corretamente.

Vamos lá?

O que é margem de lucro?

Falando de conceitos, existem dois tipos de margem de lucro: a bruta e a líquida. Vamos explicar cada uma delas abaixo. Confira!

Lucro bruto

A margem de lucro bruta é o lucro que uma empresa obtém após pagar todos os custos de produção, diretos e indiretos, necessários para a realização de seus produtos e/ou serviço. Ela indica a rentabilidade da sua empresa, pois mostra qual a porcentagem de lucro que você efetivamente ganha com a conclusão de cada venda ou serviço.

O lucro bruto pode ser calculado descobrindo a receita total e subtraindo pelo custo da mercadoria.

Vamos supor que no último mês, uma loja de calçados contou com R$ 40.000,00 em vendas. Nesse mesmo período, a empresa gastou R$ 15.000,00 para comprar as mercadorias. Dessa forma, o lucro bruto foi de R$ 40.000,00 menos R$ 15.000,00, o que equivale a R$ 25.000,00 nos últimos 30 dias.

Lucro líquido

A margem de lucro líquida se refere ao lucro que o empreendimento fez para cada real em receita, ou seja, é a quantidade de dinheiro que a empresa consegue lucrar para cada real obtido — isso depois de arcar com despesas e impostos.

Essa forma de lucro considera a receita total do seu empreendimento, o custo das mercadorias e os gastos relacionados a sua empresa. Nesse cálculo entram, por exemplo, os impostos, salários dos funcionários, água, luz, telefone, internet, aluguel, entre outros.

Como fazer o cálculo com essas inúmeras variáveis? Não se preocupe, não há segredo. Basta descobrir as receitas e subtrair pelo custo da mercadoria e pelo total de despesas que são relacionadas ao seu negócio.

Então, suponhamos que a empresa mencionada acima tenha gasto R$ 12.000,00. Nesse caso, o lucro líquido seria de R$ 40.000,00 menos R$ 27.000,00 (R$ 15.000,00 de gastos com mercadorias e R$ 12.000,00 com despesas), que é igual a R$ 13.000,00 de lucro líquido no último mês.

Como calcular a margem de lucro?

Esse cálculo pode ser difícil para as empresas que estão começando no mercado. Isso porque muitas delas podem precisar recorrer a empréstimos a bancos para financiar o começo de suas atividades (e não é novidade para ninguém que as taxas de juros cobradas pelas instituições financeiras costumam ser elevadas). Além disso, os impostos podem dificultar ainda mais a situação do empreendedor.

Para piorar, o empresário nem sempre pode repassar todos os custos, pois o produto fica caro e poucas pessoas terão condições de comprá-lo. Apesar das dificuldades, não é difícil realizar o cálculo. Basta seguir alguns passos para fazer o procedimento.

Mas para responder a pergunta acima é preciso entender, antes, o conceito de margem de lucro. Ele faz referência a porcentagem de ganhos em cima das vendas. Vale destacar que existem três maneiras de fazer o cálculo da margem do seu negócio. Vamos detalhar cada modelo abaixo. Continue lendo!

Margem de lucro bruta

Essa margem é calculada baseada no lucro bruto do empreendimento. O resultado será sempre dado em percentual. A fórmula matemática para fazer o cálculo é a seguinte:

Margem bruta = lucro bruto / receitas x 100

Portanto, se seguirmos o exemplo acima, vamos ter R$ 25.000,00 de lucro bruto dividido por R$ 40.000,00 de receitas, que equivale a 0,625. Se multiplicarmos esse número por 100, chegaremos ao resultado de 62,5% de margem bruta.

Observando a fórmula acima, chegamos a conclusão que quanto maior a margem líquida, maiores serão as receitas do negócio.

Margem de lucro líquida

Seguindo o mesmo raciocínio, a margem líquida é calculada em função do lucro líquido do negócio. O resultado também será dado em valores percentuais. A fórmula matemática para fazer o cálculo é essa:

Margem líquida = lucro líquido / receitas x 100

Dessa forma, se seguirmos ainda o exemplo, teremos R$ 13.000,00 de lucro líquido dividido por R$ 40.000,00 de receitas, que é igual a 0,325. Se multiplicarmos esse número por 100, chegaremos ao resultado de 32,5% de margem líquida. Isso significa que, aproximadamente, um terço dos ganhos tornaram-se lucros ao empreendimento nos últimos 30 dias.

Observando a fórmula acima, chegamos a conclusão de que quanto maior é a margem líquida, maior vai ser a sobra que o empreendimento terá após os ganhos com vendas e a retirada de todas as deduções, impostos e outras despesas.

Mark-Up

Diferente dos outros dois modelos, o mark-up considera o lucro desejado nos cálculos. Isso facilita na verificação do preço adequado dos produtos e serviços, pois fornece a verificação dos valores a serem cobrados para evitar prejuízos.

Vale lembrar que o mark-up é dado em porcentagem e que existem três tipos. Vamos explicar cada um deles. Veja abaixo!

Total

Para descobrir o mark-up total, basta estabelecer a quantidade de lucro que deseja na sua empresa, dividir pelos custos totais (impostos, pagamento de salários, aluguel, despesas administrativas, entre outros) e multiplicar por 100.

Produto

Nessa forma, o mark-up é calculado sobre cada produto ou serviço oferecido pelo empreendimento. A fórmula matemática para realizar o cálculo é a seguinte:

Mark-up = lucro desejado + despesas administrativas e de vendas / custo de fabricação

Variável

Nesse caso, o cálculo considera os custos fixos (como aluguel, salários, internet, etc.), as variáveis (como o pagamento de comissões) e o lucro. Confira a fórmula abaixo:

Mark-up = lucro desejado + custos fixos / custos variáveis

Quando utilizar essas informações?

Fazer o monitoramento, montando um histórico dos lucros, é importante para verificar como anda a situação financeira da empresa. Além disso, esses dados são essenciais em prospecção de investidores e na avaliação de crédito feita por bancos.

Em suma, essas informações ajudarão a entender o funcionamento de sua empresa, bem como quais produtos ou serviços são mais rentáveis e merecem atenção especial.

Qual é a importância de calcular a margem de lucro corretamente?

Em primeiro lugar, o cálculo da margem ajuda você avaliar se recebeu ou não retorno positivo em relação ao valor investido no negócio. Esse indicador ainda ajuda no desenvolvimento de estratégias com o objetivo de otimizar o sucesso nas vendas, avaliar se um determinado produto é lucrativo ou não, além de auxiliar a manter as contas em dia.

Caso o índice fique abaixo do esperado, você pode tentar reduzir custos e cortar a compra de alguns itens (especialmente aqueles que não dão retorno). Por isso, se o empreendimento vende mais de um produto, é recomendável fazer o cálculo para cada produto. Dessa forma, ficará fácil ver as mercadorias que mais lucram e aquelas que dão prejuízo.

Como as fórmulas incluem a divisão do lucro pela receita, saber a margem de lucro é fundamental para estipular o preço certo dos produtos ou serviços. Isso porque você pode estar perdendo dinheiro, vendendo um produto com pouca margem de lucro.

Vale lembrar também que a margem não pode ser muito alta, pois será mais difícil vender um produto caro. Para não cair nesse erro, estude a sua área de atuação e veja o preço médio dos itens. Dessa maneira, é possível definir valores compatíveis e estipular uma margem de lucro realista.

A margem, portanto, é um dos principais indicadores dos negócios. Ela permite que o empresário avalie o que apresenta retorno ou não. Seu cálculo correto ajuda o empreendedor a desenvolver estratégias, com o objetivo de otimizar as vendas e reduzir as despesas supérfluas ou as que não dão o retorno desejado.

Conseguiu entender como calcular a margem de lucro? Acesse também nosso artigo sobre gestão financeira para novos empreendedores.

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Gabrielly Balão
Sobre o autor
Gabrielly Balão
Content Analyst no VHSYS. Formada em Relações Públicas e em busca de conhecimentos que agreguem e ajudem novos empresários.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações