Gestão financeira para novos empreendedores

Gabrielly Balão

Gestão financeira é um tema muito discutido entre novos empreendedores. Todos nós sabemos que iniciar um novo empreendimento significa enfrentar diversos desafios durante o cotidiano empresarial.

Tudo começa pela elaboração de uma ideia inovadora.

Todavia, durante os processos de criação e administração da empresa, o novo empreendedor precisa saber lidar corretamente com as adversidades do dia a dia.

No entanto, não é preciso ter medo das dificuldades de iniciar um novo negócio, uma vez que a gestão financeira adequada é capaz de garantir a segurança da sua empresa e direcionar o empreendimento para uma posição sólida no mercado em que atua.

Para te ajudar a implementar uma gestão financeira eficiente em seu novo negócio, no post de hoje, criamos um guia financeiro completo para novos empreendedores. Continue acompanhando!

Qual a importância do planejamento financeiro?

Toda gestão financeira começa pela elaboração de um guia financeiro, que se trata de um planejamento do seu negócio, uma vez que ele é o responsável por analisar o cenário, para que o empreendedor possa executar suas ações.

[Webinar] Gestão Financeira de Sucesso. Inscreva-se e assista de graça agora!

Quando você coloca em prática um novo projeto, ao longo do tempo, ele implicará em alguns custos. Acompanhe o seguinte exemplo para facilitar o entendimento.

Vamos pensar em uma padaria que deseja aumentar o volume de vendas de coxinhas.

Nesse caso, o dono precisará aumentar também a compra de matéria-prima (ingredientes para a massa e o recheio), além de contratar mais pessoas para a produção e venda dos salgados.

Dessa forma, ele precisa arcar com uma série de despesas para colocar em prática o novo projeto. Para esse tipo de cenário, duas perguntas são imprescindíveis: “quais serão os custos” e “ é realmente possível colocar esse projeto em prática?”

Ou seja, quais são todos os custos provenientes do novo projeto e se o produto que está sendo vendido tem público o suficiente para compensar os investimentos feitos.

Independentemente do porte da empresa, na hora de começar um planejamento financeiro, todo empreendedor deve responder essas duas perguntas básicas.

Vale lembrar-se de que um planejamento adequado é a base de qualquer negócio. Pois é ele que identifica se o modelo de gestão que você utiliza está dando certo, além de contribuir para gestão de projetos do seu negócio.

Como fazer um planejamento adequado?

Não basta apenas fazer um planejamento financeiro, é fundamental que ele seja coerente com a realidade da sua empresa. Para isso, o primeiro aspecto que precisa ser levado em consideração é a área do mercado que você pretende atuar com o seu novo negócio.

[Webinar] Gestão Financeira de Sucesso. Inscreva-se e assista de graça agora!

Ou seja, é preciso identificar qual é o público disposto a consumir os seus produtos ou serviços, além de avaliar se o preço praticado pelo seu negócio condiz com a realidade mercadológica.

Outro aspecto fundamental é o planejamento de fatores como: a localização do novo empreendimento, todos os custos fixos e variáveis do negócio, além das metodologias de marketing para assegurar o sucesso da sua ideia.

Vale ressaltar que os custos sempre devem ser menores do que sua receita, de forma que o negócio seja rentável para continuar existindo e desenvolvendo-se.

Como um sistema de gestão financeira pode te ajudar?

A tecnologia é uma ferramenta imprescindível para otimização da gestão financeira das empresas. A automatização de processos do cotidiano empresarial pode resultar em diversos benefícios para o empreendedor.

Fatores como a redução de erros humanos, otimização do trabalho, maior segurança para dados e informações são exemplos dos vários benefícios atribuídos ao uso da tecnologia na gestão financeira.

Um software de gestão contém os cálculos que usamos como exemplo. A margem de contribuição, o ponto de equilíbrio e a margem líquida do produto são fornecidos de forma automática: basta que o empreendedor mantenha a constância dos registros das informações necessárias para os cálculos.

Quais são os erros comuns dos novos empreendedores?

Um dos erros mais comuns entre os empreendedores de primeira viagem está no cálculo dos custos do negócio. O empreendedor iniciante leva em consideração somente o custo variável, deixando de lado os custos fixos para implementação do negócio.

Dessa forma, o planejamento financeiro fica comprometido, uma vez que não está realmente alinhado com a realidade do negócio.

[Webinar] Gestão Financeira de Sucesso. Inscreva-se e assista de graça agora!

Outra situação comum para os empreendedores de primeira viagem é confundir o caixa da empresa com o caixa da pessoa física. Mas isso é uma recomendação que é difícil de seguir quando ele é um empreendedor iniciante. Essa separação pede um nível de maturidade no negócio, mas é imprescindível para não causar confusão e prejuízos para o planejamento financeiro.

A falta de um planejamento consistente a médio e longo prazo é outro aspecto complicado para quem está começando um novo empreendimento. Entretanto, é fundamental planejar com antecedência fatores como: “qual a receita ideal para os primeiros três meses”, “quais as estratégias de marketing podem otimizar as vendas”, entre outros relevantes para a sustentabilidade da empresa.

Quais as dicas imprescindíveis para os empreendedores de primeira viagem?

Agora que já falamos um pouco sobre os erros mais comuns dos novos empreendedores, chegou o momento de apontar as dicas fundamentais para assegurar o controle financeiro do seu empreendimento.

Faça uma análise do contexto atual

Para garantir o controle financeiro, é muito importante analisar o contexto atual em que o seu empreendimento está inserido. Isso envolve a análise de variáveis financeiras (custos, despesas e receitas), além dos fatores relacionados ao seu modelo de negócio, como: seus diferenciais, principais concorrentes, entre outros.

Crie planos de ação e metas realistas

Após analisar corretamente o cenário em que seu empreendimento encontra-se, é possível reunir as informações necessárias para criar planos de ação e elaborar metas de acordo com a realidade dele e com os objetivos que você pretende alcançar.

Planos de ação caracterizam-se no que cada integrante do empreendimento precisa fazer para garantir os resultados esperados.​

Um dos problemas mais comuns em relação à gestão financeira está na descontinuação do planejamento financeiro, que é facilmente deixado de lado. Para garantir a eficiência da gestão financeira de uma empresa, é imprescindível acompanhar e revisar periodicamente os custos fixos e variáveis do seu negócio.

Esperamos que o nosso guia financeiro tenha sido útil para você.

Ah, e aproveite para acessar de graça um webinar exclusivo que preparamos sobre gestão financeira. Confira agora! 🙂

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Gabrielly Balão
Sobre o autor
Gabrielly Balão
Content Analyst no VHSYS. Formada em Relações Públicas e em busca de conhecimentos que agreguem e ajudem novos empresários.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações