Giro de estoque: o que é e como calcular

Gabrielly Balão

O giro de estoque é um indicador que possibilita observar a situação atual dos recursos disponíveis à empresa.

Nesse estudo, são apuradas a qualidade das mercadorias do empreendimento e a variedade dos produtos. A análise auxilia a esclarecer os pontos fortes, as ameaças e os empecilhos existentes.

A partir desses conhecimentos, é possível desenvolver medidas que possam otimizar os lucros do negócio.

Controle o seu estoque com facilidade. Conheça o VHSYS!

Sem dúvida alguma, a administração de estoque é fundamental, porque a falta de gestão contribui para que sobrem muitas mercadorias (nesse caso, a companhia comprou e gastou mais do que precisava) ou faltem produtos na empresa (o que pode fazê-la perder clientes e oportunidades).

Viu como esse conceito é vital?

Considerando a sua importância, explicaremos, neste post, como calcular o giro, o impacto dele na empresa, as vantagens de ter uma boa rotatividade de mercadorias e dicas que ajudam a otimizar o indicador. Vamos lá!

Como calcular o giro de estoque?

Não há muito segredo, o cálculo é bastante simples. Basta descobrir a quantidade vendida de um produto, em um determinado período, e dividir pelo número de mercadorias compradas.

Ainda está em dúvida sobre como calcular esse indicador? Veja os exemplos abaixo e entenda melhor o conceito e o cálculo.

Controle o seu estoque com facilidade. Conheça o VHSYS!

Imagine que você é dono de uma cooperativa e, após realizar o controle de recursos, descobriu que a empresa tem um estoque médio de 300 sacas de café, e que foram vendidas 2400 sacas no ano passado.

Nesse caso, portanto, o índice é 2400 dividido por 300, que equivale a 8 giros no último ano.

Esse raciocínio também vale para quantias em dinheiro. Se uma empresa de cosméticos, por exemplo, mantém um estoque que vale R$ 5.000,00, e o volume de vendas alcançou a marca de R$ 20.000 nos últimos 12 meses, o giro é igual a 4. Isso porque R$ 20.000 dividido por R$ 5.000 equivale a 4 giros de estoque no ano passado.

Por que ter um?

Contar com o giro de estoque é algo necessário para a melhora da sua empresa. Quanto mais a rotatividade do estoque acontece, mais você ganha.

Porém, para isso, é necessário manter o controle, cumprindo o prazo do atendimento dos pedidos.

Essa estratégia é muito significativa, pois o produto não corre o risco de se tornar defasado e não é preciso se preocupar com muito espaço para o armazenamento, afinal, ele sempre estará em transição.

Além disso, em casos de sinistro, seu prejuízo será muito menor.

Quais são as vantagens?

Optar por ter um giro de estoque traz muitas vantagens. Entre elas, algumas se destacam:

  • rotatividade do produto: o produto não fica ultrapassado na prateleira, sendo uma excelente opção para aqueles que trabalham com itens com prazo de validade. Em outros casos, evita que, em situações de sinistros, o prejuízo seja grande;
  • espaço para armazenamento: o custo com armazenamento é algo muito alto. Com o giro de estoque, não é necessário se preocupar com a reserva de muitos produtos. Assim, você pode otimizar o volume com a rotatividade do item, melhorando os ganhos e gastos da sua empresa;
  • menor risco de perdas: em casos de roubos, incêndios ou outras situações, seu prejuízo será muito menor. Os gastos com a segurança também podem ser reduzidos.

Como apresentado, o giro de estoque tem vantagens, porém, você deve realizá-lo de maneira correta, aplicando sua fórmula e calculando-a para que não fique sem estoque e perca alguma venda.

Controle o seu estoque com facilidade. Conheça o VHSYS!

Por que é importante?

Manter o controle do estoque é fundamental para o sucesso da sua empresa, pois ele é o fator que proporcionará o lucro. Se um produto fica parado, você está deixando de ganhar dinheiro e gastando com o armazenamento, um espaço que poderia ser ocupado por outros itens.

Sendo assim, controlar o espaço e seus itens de maneira correta traz sucesso à sua empresa e evita que ela passe por situações complicadas.

Como melhorar o giro de estoque?

Além de ser uma ótima estratégia, você pode otimizar a administração do giro do estoque. Separamos algumas dicas para auxiliá-lo:

  • diagnóstico: antes de realizar a aplicação da fórmula do giro de estoque, analise seu espaço. Separe e avalie quais são os produtos que mais saem, quais estão com um baixo giro e quais estão em excesso e não saem há algum tempo do estoque. Na hora de realizar a reposição, a prioridade é para os itens que correspondem a 80% do seu faturamento;
  • armazenamento: analise os itens que estão estocados e não saem para vendas e lembre-se de que isso faz com que seu lucro fique parado e esse item ocupe espaço de outros produtos. Além disso, quanto maior o estoque, maior a necessidade de cuidados, manutenção e segurança. Nesse caso, os riscos de desvalorização dos produtos também são altos;
  • treinamento: treine seus funcionários para que saibam sobre cada produto, já que isso facilita muito na hora da venda. Assim, caso o cliente tenha alguma dúvida, o empregado saberá saná-la e apresentar as vantagens da compra daquele item.

Controle o seu estoque com facilidade. Conheça o VHSYS!

Como aumentá-lo?

Após fazer o cálculo para controlar o estoque e possibilitar o giro, você pode adotar algumas medidas para aumentar essa estratégia e trazer mais retorno para a empresa. Por exemplo, analisar o valor de suas vendas, a concorrência do mercado e procurar focar seus itens no público-alvo.

Além disso, uma boa estratégia é começar a investir em ações de marketing direcionadas e bem projetadas ao seu público, que, ao longo do tempo, podem aumentar seus resultados.

Qual é o impacto do giro de estoque na sua empresa?

Esse indicador permite que você saiba, de maneira precisa, qual é o tempo necessário para renovar as mercadorias. Se a sua empresa tem uma rotatividade elevada de mercadorias, ou seja, vende rápido e compra produtos várias vezes no ano, os itens não ficam ultrapassados ou vencem com muito tempo na prateleira.

Vale lembrar que também não é preciso ter muito espaço para guardar os produtos e, em caso de imprevistos — como roubos e incêndios —, o prejuízo é menor.

O acompanhamento da evolução dos estoques é fundamental na gestão financeira do negócio. Isso porque essa ação ajuda você a se programar para o futuro. Caso vpcê saiba, por exemplo, que, em uma determinada época do ano, o giro de uma mercadoria costuma ser maior, é possível se preparar para que ela não falte. Nos casos de baixo consumo, você tem a opção de comprar menos e evitar que os produtos fiquem ultrapassados nas prateleiras.

Como corrigir possíveis falhas?

Muitas empresas, mesmo aplicando o giro de estoque, cometem algumas falhas, e nós, da VHSYS, o auxiliaremos a não cometer o mesmo erro. O primeiro deles é economizar no estoque e no armazenamento, disponibilizando o mínimo de produtos possíveis para a venda. Porém, realizar essa técnica coloca sua comercialização em risco e você pode ser surpreendido por uma demanda, não conseguindo itens suficientes para supri-la.

Uma das melhores soluções para futuras falhas no giro de estoque é criar um histórico de vendas, uma técnica que ajuda a estabelecer uma noção entre o que está em excesso e o que está acabando no seu estoque. Assim, é possível definir a quantidade mínima dos itens colocados à venda, sem correr o risco de perder oportunidades na negociação.

É importante lembrar que, para evitar que possíveis falhas aconteçam, a aplicação do cálculo na fórmula do giro de estoque deve ser feita de maneira correta, permitindo que você tenha uma grande noção do que está saindo e do que está parado em seu depósito.

O conceito de giro de estoque está claro? Deseja receber mais dicas de gestão para a sua empresa? Assine a nossa newsletter e receba os conteúdos em primeira mão no seu e-mail.

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Gabrielly Balão
Sobre o autor
Gabrielly Balão
Content Analyst no VHSYS. Formada em Relações Públicas e em busca de conhecimentos que agreguem e ajudem novos empresários.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações

FECHAR

VHSYS - Sistema de Gestão Empresarial