Conecte-se ao empreendedorismo

Take away – o segredo da experiência no food service

Tempo de Leitura: 5 minutos
Que a pandemia do Coronavírus mudou o modo de consumo das pessoas, isso a gente já sabe. Porém, você sabe qual mecanismo os bares e os restaurantes utilizaram para atender às novas necessidades de seus clientes? Então, fique conosco. Neste artigo, falaremos sobre o sistema take away e o compararemos com o delivery e o drive-thru.

Em meio à pandemia do Coronavírus, muitos negócios do ramo alimentício tiveram que se reinventar, para que conseguissem se manter em funcionamento. Foi nesse contexto que o take away, o delivery e o drive-thru ganharam força.

E, embora as pessoas tenham voltado a frequentar bares e restaurantes, as 3 formas de se comercializar bebidas e alimentos citadas anteriormente permanecem em alta e continuam gerando bons resultados para os empreendedores.

Contudo, para aqueles que desejam iniciar o seu próprio restaurante, o take away tem se mostrado uma ótima escolha, visto que não é necessário investir dinheiro em uma estrutura, como a do drive-thru, e nem em entregadores, como no delivery.

Se você quer saber mais sobre esse sistema amplamente utilizado pelos foods services e entender como ele pode beneficiar os empreendedores do ramo alimentício, este artigo é para você. Nele, abordaremos os seguintes tópicos:

Vamos lá?

O que é sistema take away?

O sistema take away é um meio de se comercializar produtos de uma forma bem semelhante ao delivery. Uma pessoa realiza o pedido via telefone, WhatsApp ou aplicativo, porém, ao invés de receber a sua compra em casa, ela vai até o ponto comercial, para retirá-la.

Para facilitar a compreensão, imagine que, da sua casa, você pediu um hambúrguer na hamburgueria X. O pedido foi realizado via app e o restaurante deu a previsão de 35 minutos para que ele fique pronto. Quando o seu lanche estiver feito, basta que você vá até ao estabelecimento, retire a sua compra e a leve para casa.

Esse sistema mostrou-se bastante eficiente tanto para os empreendedores, que economizaram com o pagamento dos entregadores, quanto para os clientes, que não necessitam pagar taxas de entregas. Contudo, é importante levar em consideração que o take away tem maior utilidade quando o cliente se encontra próximo ao estabelecimento.

Qual a diferença entre delivery e take away?

Na atualidade, o delivery é uma das principais formas de se comercializar bebidas e alimentos. Basta que você faça o seu pedido, via app ou WhatsApp, e espere que ele chegue até você.

O que difere o delivery do take away é justamente o que abordamos no tópico anterior: a forma como o cliente tem contato com o pedido. No delivery, o cliente não precisa se deslocar, porém, ele precisará pagar uma taxa de entrega. Já no take away, é preciso que o cliente busque a sua bebida/comida no estabelecimento.

Não podemos dizer que um formato é melhor que o outro, pois cada um deles se adequa a uma determinada situação. Para exemplificar isso, observe os dois cenários abaixo:

  • 1º cenário: a 5 minutos da sua casa, tem uma pizzaria muito boa. Você pediu uma clássica pizza de calabresa tamanho família e ela ficará pronta em 40 minutos.
  • 2º cenário: você está com muita vontade de comer comida japonesa e se lembrou de um restaurante que fica a 20  minutos do seu apartamento, porém, a noite está chuvosa e você não quer sair de casa.

Observe que temos dois cenários distintos. No primeiro, seria muito mais interessante que você fosse buscar a sua pizza, pois o restaurante se encontra próximo a sua casa e você economizaria com a taxa de entrega. Nesse caso, o sistema take away foi mais vantajoso.

Já no segundo cenário, seria muito mais cômodo que você fizesse o pedido e esperasse que ele chegasse até o seu apartamento. Dessa forma, o sistema de delivery lhe seria muito mais útil.

sistema de gestão vhsys

Qual a diferença entre take away e drive-thru?

O drive-thru é um sistema muito utilizado por redes de fast food. Consiste em um ambiente onde os clientes não precisam descer dos seus veículos para realizar e retirar os seus pedidos.

Esse modelo costuma exigir um bom investimento em logística, para que os clientes não formem uma enorme fila de carros ao redor do restaurante. Além disso, é necessário que o estabelecimento funcione de modo a se adequar ao trânsito do local.

Dessa forma, é preciso que o fast food, ou bar, possua funcionários treinados e capazes de realizar um rápido atendimento. Um outro ponto que também deve ser levado em consideração é que o estabelecimento não pode permitir que os clientes consumam os produtos no local.

Podemos perceber que a proposta do drive-thru é completamente diferente da do take away. Elas se assemelham, quando levamos em consideração que o cliente retira o pedido no local, mas todas as outras ações do processo de compra são distintas.

Observe que, no take away, o cliente costuma fazer uma compra por meio do seu próprio celular e, muitas vezes, da sua própria casa. Ele só precisa se preocupar em ir ao restaurante quando o seu lanche estiver pronto. Já no drive-thru, o cliente precisa estar em seu veículo e se dirigir até ao estabelecimento, para poder realizar e retirar o seu pedido.

Porque incluir o take away no meu empreendimento?

Até o momento, entendemos como funciona o take away, o delivery e o drive-thru, bem como quais são as principais diferenças entre esses 3 sistemas. Porém, você deve estar se perguntando: por que eu devo incluir o take away no meu bar/restaurante? Os principais motivos são:

  • Menores limitações e maior qualidade: sabemos que muitas comidas são prejudicadas pelo delivery. A pizza pode chegar fria, as batatinhas murchas e assim por diante. Quando o próprio cliente vai retirar o seu pedido no estabelecimento, ele fará o transporte do alimento e, dessa forma, é possível realizá-lo com maior facilidade e cuidado.
  • Flexibilidade: você estará apto para atender tanto os clientes que não querem gastar com a taxa de entrega, ou que se encontram muito próximo ao seu restaurante, quanto os demais consumidores.
  • Alcançar novos públicos: se você trabalhar somente com entregas, os possíveis clientes que não estão dentro da área em que os seus entregadores atuam não terão acesso ao seu produto. Com o take away, qualquer pessoa tem a liberdade de realizar um pedido e ir retirá-lo no local. 
  • Menores custos: ao utilizar esse sistema como o seu principal, você pode economizar com equipe de funcionários e com os entregadores, mantendo a qualidade do serviço prestado.

Convencido? Deixe a sua resposta nos comentários!

Se você leu este artigo até aqui, provavelmente, você é uma pessoa que gosta de entender as novidades do mundo do empreendedorismo. Sendo assim, quero te convidar a acompanhar o nosso blog. Nele, sempre postamos conteúdos que irão te auxiliar a gerenciar melhor o seu negócio e a aumentar a sua receita.

Conte também com nosso sistema de gestão uma plataforma simples e integrada que centraliza a gestão do negócio em um só lugar 🙂

sistema de gestão vhsys

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Teste Grátis Hoje!

Clicando em ”Iniciar o teste” você concorda com nossos termos de uso