Fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial
Controle Fiscal

Novas regras para a renegociação do Simples Nacional

Novas regras para a renegociação do Simples Nacional

Em tempos de recessão econômica, não é incomum ver muitas empresas endividadas. Para a sobrevivência dos negócios, a maioria dos empresários deixam de recolher os tributos.

A estratégia, utilizada principalmente por micro e pequenas empresas, hoje contabiliza uma dívida de R$21 milhões com o Fisco. Porém, quem tem dívidas tributárias pode respirar um pouco mais aliviado em 2017.

Com uma alteração na lei do Simples, agora os empresários têm mais possibilidades na hora de quitar suas dívidas. Acompanhe em nosso artigo!

Renegociando dívidas do Simples Nacional

Com a aprovação da Lei 155/2016, os débitos vencidos até maio de 2016 possam ser parceladas em até 120 vezes. Porém, o pedido de parcelamento deverá ser apresentado em até noventa dias, podendo ter o prazo prorrogado ou reaberto por igual período pelo Comitê Gestor do Simples Nacional. A prestação mensal para microempresas e empresas de pequeno porte não pode ser inferior a R$300,00.

Mutirão de renegociação

Como forma de ajudar pequenas empresas na renegociação, o Sebrae criou o Mutirão de Renegociação, uma mobilização de abrangência nacional para incentivar a renegociação de dívidas tributárias dos empresários em até 120 meses para poder permanecer no Simples Nacional.

Conheça o sistema de gestão empresaria VHSYS!

Planejamento financeiro

É sempre bom reforçar a importância do planejamento financeiro empresarial, afinal, em momentos de crise, ter dinheiro reservado pode evitar diversos problemas estruturais.

O controle financeiro entre as micro e pequenas empresas, assim como o do microempreendedor individual, têm que ser rigoroso, isso porque qualquer brecha pode ser fatal. Investir tempo e atenção para organizar as finanças é necessário.

A gestão financeira é um dos pilares para o sucesso da sua empresa. Ter o registro de todas as movimentações financeiras e saber interpretar esses dados é crucial para um bom planejamento.

Como fazer a gestão financeira?

Antes de mais nada, procure o auxílio de um contador para ajudá-lo a organizar as finanças da sua empresa. Além disso, utilize um sistema de gestão, como o VHSYS, sistema online de gestão empresarial.

Com módulos completos de gestão empresarial, o sistema VHSYS concentra, em um único software, todos departamentos da sua empresa. Experimente grátis!

Fernando
Sobre o autor
Fernando
Formado em Marketing e Coordenador de Marketing de Conteúdo na VHSYS.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais