Conecte-se ao empreendedorismo

Como organizar uma loja de material de construção? Guia completo!

Tempo de Leitura: 7 minutos
ERP completo +  Conta PJ Integrada + Maquininha Stone com mensalidade zero

Supere seus concorrentes com a Gestão Integrada

Organize suas finanças e aumente suas vendas, tudo em um só lugar!

Planejar como organizar uma loja de material de construção é a responsabilidade diária de todos os empreendedores e gestores que trabalham nessa área. Porém, essa não é uma tarefa fácil, pois exige organização, integração e uma boa visão estratégica.

Mesmo com a pandemia, o setor de construção civil passou por um aquecimento nos anos de 2020 e 2021. O aumento do faturamento foi de 11% só em 2020 em comparação ao ano anterior, atingindo o valor de 150,55 bilhões de reais, segundo dados da FGV/IBRE

Enquanto nos anos de 2022 e 2023, o mercado se mantém estável. Com esse cenário, a pergunta que surge entre os empreendedores do ramo é: como organizar uma loja de material de construção para fazê-la crescer?

Como organizar uma loja de material de construção? 

A organização da operação é um dos pilares para a evolução de qualquer empresa, pois a aceleração de um negócio não depende exclusivamente de investimento em mais produtos ou ações de marketing. Por isso, a seguir temos 11 dicas para auxiliar a gestão de loja de materiais para construção:

1. Implemente um bom controle de estoque 

O controle de estoque deve ser uma prioridade na gestão de loja de materiais para construção, pois assim é possível evitar a perda de vendas, prejuízos financeiros e má administração dos produtos vendidos. 

Como controlar o estoque de uma loja de materiais de construção?

  1. Padronize a classificação dos produtos (tamanhos, composição, marcas, etc.)
  2. Organize os itens por departamentos no estoque físico
  3. Sempre cadastre e confira os itens no estoque online
  4. Registre as movimentações de entradas e saídas
  5. Defina boas práticas de organização
  6. Treine a sua equipe
  7. Sempre integre o estoque físico com o online
  8. Acompanhe o giro de estoque
  9. Monitore a sazonalidade de seus produtos
  10. Defina a quantidade mínima e máxima de cada item do estoque para otimizar a reposição

2. Mantenha o controle financeiro e o fluxo de caixa em dia

O controle financeiro empresarial é um dos passos mais importantes da gestão de loja de materiais para construção. 

É através do acompanhamento de toda a condição financeira de um negócio que é possível evitar prejuízos, corrigir falhas, prever oportunidades ou ameaças, fazer investimentos, tomar decisões estratégicas, entre muitos outros benefícios.

O controle financeiro de uma loja de material de construção pode ser feito através de:

3. Otimize e automatize os processos

Existem muitas tarefas que demandam tempo da equipe, mas que podem ser facilitadas e até automatizadas.

Por exemplo, no caso de uma gestão que ainda controla o estoque por uma planilha. Em uma venda, os funcionários precisam acessar a planilha, procurar os itens das compras que podem estar com nomes diferentes ou ter erros de digitação, e alterar manualmente a quantidade de todos os produtos. 

A cada nova entrada de produtos no estoque, será necessário digitar novas informações e editar o arquivo inúmeras vezes.

Além de não ser uma tarefa rápida, a chance de erros nas informações do estoque, vendas perdidas e falta de organização no histórico das compras gera muitos prejuízos financeiros para a loja.

Nesse caso, as tarefas que envolvem o estoque podem ser automatizadas com um sistema que tenha a função de controle de estoque. Dessa forma, os erros diminuem e a equipe ganha mais agilidade no dia a dia.

4. Encante no atendimento ao cliente

Prestar um atendimento de excelência é uma das estratégias essenciais para os gestores que pensam em como organizar uma loja de material de construção.

Afinal, um bom atendimento fideliza os clientes e faz com que eles se tornem propagadores da marca, ou seja, influencia os consumidores a indicarem a loja para outras pessoas. Porém, embora um bom atendimento seja importante, é uma das áreas mais negligenciadas pelas empresas.

Segundo uma pesquisa publicada pelo portal Mercado & Consumo, 94% dos consumidores entrevistados afirmam que um bom atendimento ao cliente é fundamental. Apesar disso, 89% dos brasileiros estão insatisfeitos com a qualidade dos atendimentos. 

Como prestar um bom atendimento em uma loja de material de construção?

5. Cuide do cadastro e da manutenção de clientes

Depois de um bom atendimento, vem o pós-venda. É o momento de utilizar estratégias para fidelizar clientes.

O primeiro passo é realizar um cadastro rápido e seguro dos clientes para poder entrar em contato, caso necessário. Para isso, é preciso seguir as regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) para cadastros:

  1. Ter um sistema seguro para armazenar os cadastros dos clientes;
  2. Limitar o acesso aos dados cadastrais para apenas funcionários com login e senha no sistema de cadastros;
  3. Informar os motivos do cadastro para o cliente (contato para questões da compra feita, envio de promoções, etc.);
  4. Coletar apenas os dados necessários, como nome, CPF, e-mail ou telefone.
  5. Excluir os dados dos clientes caso seja solicitado.

6. Ofereça várias opções meios de pagamento

Temos diferentes opções de meios de pagamento disponíveis no mercado: PIX, transferências bancárias, carteira digital, dinheiro, cartões de débito/crédito, boletos, entre outros. 

Por isso, o comércio precisa estar atualizado para atender todos os clientes sem perder vendas por falta de opções de pagamento, enquanto também precisa proteger a loja contra possíveis golpes.

7. Faça uma gestão de produtos eficiente

A gestão de produtos administra todas as etapas do ciclo de vida dos produtos. Da escolha dos itens, da compra ou produção das mercadorias, até a organização para o item ser vendido, tudo precisa ser feito com muita eficiência para garantir o crescimento do negócio.

As atividades da gestão de produtos em uma loja de material de construção inclui:

  1. Pesquisa de mercado e público-alvo;
  2. Validar a ideia ou as vendas dos produtos;
  3. Treinar a equipe de vendas sobre o funcionamento dos itens;
  4. Padronizar a classificação dos produtos na loja e no estoque;
  5. Manter as informações dos produtos atualizadas.

8. Cuide da precificação dos produtos

Um levantamento feito pelo Preço Certo com 10 mil empresas, revelou que 89% das empresas brasileiras não sabem se a sua precificação está correta, nem se estão obtendo lucro nas vendas. 

Esse dado é um alerta para todos os gestores, é necessário analisar todos os custos da empresa e de cada produto em busca da estratégia certa de precificação.

O objetivo de todo empreendedor em relação aos preços dos seus produtos deve ser sempre o de equilibrar o valor da oferta com relação aos seus concorrentes e à demanda dos clientes, além de manter a saúde financeira da empresa.

9. Invista no marketing da loja

Depois de uma operação organizada, divulgar a loja e seus produtos é muito importante para aumentar as vendas. Entretanto, investir em marketing não é fazer o que todos estão fazendo. Use estratégias que fazem sentido para o seu negócio e para o público-alvo. 

Ações de marketing para loja de material de construção:

  1. Tenha um perfil atualizado no Google My Business;
  2. Use as redes sociais para publicar conteúdo sobre os produtos e serviços;
  3. Mostre os bastidores da loja nas mídias sociais;
  4. Tenha canais de contato disponíveis, como chats e WhatsApp;
  5. Invista em ações de PDV (Ponto de Venda) com as marcas vendidas na loja;
  6. Faça anúncios digitais;
  7. Faça promoções com brindes e descontos;
  8. Tenha um site atualizado com todas as informações da loja;
  9. Faça parcerias com outras empresas, como construtoras, profissionais de arquitetura ou design de interiores, etc. 

10. Acompanhe as atualizações do mercado

Sempre há novidades no mercado, seja de produtos, marcas, ações de marketing, sistemas para melhorar a operação da loja, entre muitas outras oportunidades. Por isso, os gestores de planejam como organizar uma loja de material de construção precisam sempre buscar novidades para manter a empresa atualizada

Algumas maneiras de fazer isso são:

  1. Leia portais de notícias do mercado de construção, marketing, negócios, entre outros;
  2. Tenha um bom relacionamento com as marcas vendidas na loja para sempre saber das novidades;
  3. Fique atento ao que os clientes estão procurando, mas não encontram na sua loja;
  4. Estude os seus concorrentes. 

11. Trabalhe as características que podem destacar a empresa

Muitas empresas conseguem se diferenciar no mercado de diversas formas: atendimento, produtos, marketing, localização, agilidade, etc. Por isso, a gestão de loja de materiais para construção precisa identificar as características que podem fazer do seu negócio um sucesso e trabalhá-las com foco. 

Sua loja pode se destacar por ser ágil? Por encantar o cliente no atendimento? Por sempre ter os produtos procurados em estoque? Encontre os objetivos do negócio e trabalhe para se tornar referência. 

O que não fazer na gestão de loja de materiais para construção?

Agora que você já tem conhecimento do que pode ser feito para organizar uma loja de materiais de construção, fique atento a 6 possíveis erros que podem surgir no caminho e atrapalhar o seu crescimento. 

1. Desorganização no estoque e na exposição de produtos

Lojas de materiais de construção costumam ter diferentes tipos de produtos e marcas. É excelente para os consumidores, mas é muito importante que a gestão garanta a organização do estoque e a melhor disposição na exposição.

É preciso cuidar para que os produtos não fiquem escondidos ou se percam, garantir que o espaço esteja sempre limpo e iluminado, deixar os principais produtos em evidência, entre muitas outras técnicas de PDV.

2. Não inovar na oferta de produtos

Muitos pequenos negócios, tentando se manter seguros, não inovam na oferta de produtos. Isto é, mantêm apenas o básico de itens, não exploram outras opções de mercadorias, nem atendem às novas demandas do público-alvo. 

Nesse caso, o medo precisa ser trabalhado com estudo de mercado para tomar decisões estratégicas que beneficiam a empresa.

3. Não realizar treinamentos e feedbacks com a equipe

Treinar a equipe constantemente sobre as boas práticas de atendimento, produtos novos, técnicas, entre outras questões da empresa. É importante manter o conhecimento e motivação de todos para que as atividades fluam melhor. 

Além disso, é importante manter uma rotina de alinhamentos, conversas e 1:1 (reunião de feedback entre o líder e seu liderado). Dessa maneira, fica mais fácil identificar problemas nos processos e resolvê-los antes que se tornem situações mais difíceis.

4. Não ser transparente com os consumidores

A transparência e o respeito nos serviços prestados é a base de um bom atendimento. Além disso, a relação de confiança estabelecida com o consumidor fortalece a imagem da loja. 

Por isso, nunca minta ou omita informações importantes sobre os produtos. Alguns clientes da loja de material de construção são leigos no assunto e por isso precisam confiar no atendimento da loja.

5. Falta de conhecimento técnico dos materiais vendidos

Para ajudar os consumidores a encontrarem o que precisam, a equipe precisa estar sempre atualizada no conhecimento sobre os materiais vendidos, as marcas disponíveis no mercado, as diferenças entre as opções oferecidas e as novidades do ramo. É muito importante não negligenciar treinamentos e conteúdos de conhecimento técnico.

6. Não zelar pela segurança do trabalho

Embora uma loja de material de construção não seja um ambiente de alto risco, ainda é importante que os gestores se preocupem com a segurança dos colaboradores e dos clientes. 

Isso exige criar normas de seguranças para manusear os produtos corretamente, cuidar da disposição dos objetos, colocar avisos de segurança no espaço da loja, entre outras possibilidades.

Gestão de loja de materiais para construção com sistema ERP

É cansativo tentar integrar manualmente todas as áreas da empresa e executar tarefas que poderiam ser automatizadas, certo? Mas com um ERP, você pode ter toda a sua gestão em uma única tela ou na palma da sua mão.

Por exemplo, com um sistema de gestão, é possível tornar o atendimento da loja mais ágil e melhorar a experiência do cliente através da emissão de notas fiscais feita em segundos; cadastro seguro das informações do consumidor; histórico de vendas e organização de estoque para facilitar troca e devolução; entre muitas outras funções.

Para experimentar e conhecer melhor todas as funcionalidades de um ERP, você pode testar o sistema vhsys gratuitamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de gestão online

Preencha os dados para iniciar
seu teste grátis de 7 dias no ERP vhsys.

Sistema de gestão online

Experimente grátis por 7 dias!