Documentos fiscais: as diferenças entre Nota Fiscal, DANFe, DARF e XML

Fernando

Muitos empresários ainda se confundem com os dados na nota fiscal eletrônica, bem como outros tipos de documento fiscal. Para sanarmos algumas dúvidas, preparamos esse artigo para explicar as diferenças entre Nota Fiscal, DARF, DANFe e Arquivo XML. Confira!

DANFe

O Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica (DANFe) é uma representação simplificada da NF-e com a função de acompanhar a mercadoria em trânsito por meio do fornecimento de informações básicas sobre a operação em curso (emitente, destinatário, valores, etc), conter a chave de acesso para consulta das informações da Nota Fiscal Eletrônica, auxiliar na escrituração das operações documentadas por NF-e e substituir as notas fiscais nas situações de compensação de crédito.

Arquivo XML

O arquivo XML da NF-e é o padrão de documento utilizado pelos órgãos responsáveis pela implantação do sistema de NF-e do governo. Ou seja, o XML é a própria Nota Fiscal, cuja leitura deve ser diretamente feita no portal da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) da região do emissor da nota ou com programas específicos.

O novo layout da XML será aplicado em todo o território nacional, respeitando os conceitos de escrituração fiscal, porém, com melhoras que visam o maior controle das transações fiscais.

Documentos fiscais: as diferenças entre Nota Fiscal, DANFe, DARF e XML

DARF

O Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) é utilizado para o pagamento dos débitos não previdenciários inscritos em Dívida Ativa da União, sejam eles parcelados ou não, e também é utilizado para o pagamento da prestação de parcelamento de débitos previdenciários inscritos em DAU com base na Lei 11.941/2009.

Tipos de DARF

Darf Comum é o principal documento de arrecadação de impostos de pessoas físicas e empresas. Os principais encargos pagos nesse guita são o PIS sobre o faturamento da empresa, importo de importação na alfandega sobre as mercadorias trazidas do exterior e o Imposto de Renda.

Já o Darf Simples, que entrou em desuso a partir da Lei Complementar 139/2011, era utilizado por pessoas físicas para o pagamento de tributos unificados por meio de uma só guia. Nessa guia eram cobrados ICMS, PIS/Pasep, IPI, Cofins, entre outros tributos. Atualmente, a nomenclatura específica é Documento de Arrecadação do Simples (DAS).

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Em vigor desde 2016, a nota fiscal eletrônica (NF-e), pela definição oficial, é “um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes”. Neste caso, a validade jurídica é garantida pelo Certificado Digital.

Ou seja, a NF-e é a versão digital da nota fiscal impressa, substituindo o uso da tradicional. Em alguns estados (responsável pela nota de produto) e municípios (nota de serviço) é obrigatória a utilização desse modelo. Por isso, o empreendedor deve entrar em contato com a Sefaz ou Prefeitura da região em que atua para saber se deve emitir esse documento eletrônico. 

Mesmo que o uso seja opcional, adotar a nota eletrônica pode trazer diversas vantagens à empresa, como a economia de recursos e tempo, pois não é preciso imprimir o comprovante nem armazená-lo em um espaço físico, além do preenchimento das informações e consulta dos dados ser mais prática e rápida.

Faça a emissão de NF-e com praticidade

Se a sua empresa atua em uma localidade no qual é exigido o uso da NF-e, ou então que sua adoção é facultativa, você pode usar um sistema de gestão online para tornar essa tarefa mais ágil e eficiente.

No sistema VHSYS é possível emitir a Nota Fiscal Eletrônica de produto (NF-e), a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e), de Entrada e Saída e a Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) usando o mesmo software – tudo com a praticidade de apenas alguns cliques. Usando o emissor, a via do cliente é enviada automaticamente para seu e-mail, deixando essa tarefa mais rápida, e o controle dos documentos é integrado às áreas de vendas, estoque e financeiro da empresa, unificando os processos e facilitando a sua vida.

Além da emissão de notas fiscais, o sistema VHSYS conta com diversos módulos para uma gestão completa da empresa. Faça o controle das áreas financeira, vendas, compras, estoque e serviços com o software e extraia o melhor de cada setor.

Faça a emissão de NF-e e realize outras tarefas da sua empresa com mais facilidade e teste gratuitamente o VHSYS!

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Fernando
Sobre o autor
Fernando
Formado em Marketing e Coordenador de Marketing de Conteúdo na VHSYS.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações

FECHAR

VHSYS - Sistema de Gestão Empresarial