Conecte-se ao empreendedorismo

Veja as vantagens da NFC-e em SC e como liberar a emissão!

Tempo de Leitura: 4 minutos
Santa Catarina é o último estado do Brasil a aderir à Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e)! Tal adesão possui grande importância e ocorre desde 2018, mas ainda é considerada em fase de adaptação.

A obrigatoriedade da emissão da NFC-e ainda não possui uma data marcada, mas possivelmente não está muito longe, considerando todo o seu tempo de adaptação. 

Vale ressaltar também que ela possui algumas vantagens em relação ao antigo modelo utilizado (que ainda está em circulação), o cupom fiscal. 

Se você é um microempresário do estado de Santa Catarina e quer entender as vantagens e a importância de aderir ao sistema da Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica ou como liberar a emissão para a sua empresa, continue a leitura!

Qual é a importância e vantagens da NFC-e em Santa Catarina?

A NFC-e é um sistema criado para uniformizar a emissão de comprovantes fiscais em todo o país, se trata de uma nota totalmente eletrônica, fácil de emitir e que pode ser conferida a sua autenticidade na web pelo consumidor. 

Além disso, reduz a burocracia e os gastos das empresas, tornando possível o próprio empreendedor organizar as declarações acessórias (documentos que comprovam o pagamento dos tributos obrigatórios).

E também, claro, facilita todo o controle fiscal realizado pelas Administrações Tributárias.

A importância da NFC-e para Santa Catarina está relacionada à segurança que esse método passa para o empreendedor e também para o consumidor. Além da uniformização nacional.

Abaixo estão listadas as principais vantagens da NFC-e, para que fique claro para você, o porque vale a pena aderir a esse método imediatamente!

  • É eletrônica e pode ser impressa em qualquer lugar – não necessita de uma impressora fiscal;
  • É mais segura para empresário e para o consumidor, mantém as informações guardadas em sistemas de alta segurança;
  • Combate a sonegação fiscal;
  • É mais fácil de ser emitida;
  • Padroniza o processo, diminuindo erros;
  • Maior organização das notas geradas e produtos vendidos;
  • Facilita a organização das declarações acessórias, reduzindo custos com terceiros.

Essas vantagens com certeza irão facilitar a realização de algumas atividades em sua empresa, concorda? Quer aprender como começar a emitir a sua? Veja no próximo tópico!

Como liberar a emissão de NFC-e em Santa Catarina gratuitamente

Para adentrar ao mundo da NFC-e em SC existem duas possibilidades distintas e gratuitas, a primeira para aqueles que ainda não emitem o cupom fiscal e a segunda para aqueles que já emitem.

No primeiro caso, será utilizado o PAF-NFC-e (Programa Aplicativo Fiscal, Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica) e no segundo é possível escolher entre o PAF-NFC-e e o PAF-ECF (Programa Aplicativo Fiscal, Emissor de Cupom Fiscal).

A diferença entre eles é o sistema em que será utilizado e também que o  PAF-NFC-e torna possível a emissão da nota de maneira online e também offline, já o PAF-ECF apenas de maneira online e possibilita a emissão do Cupom Fiscal quando necessário, por exemplo problemas na internet. 

Assim, será explicado como liberar a NFC-e de ambas maneiras, lembrando que para novos contribuintes a única opção é a PAF-NFC-e.

Como liberar a NFC-e (online e offline)

Para novos contribuintes o primeiro passo é se credenciar no DTEC (Domicílio Tributário Eletrônico do Contribuinte), ele serve como meio de comunicação entre a SEF/SC (Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina) e pessoas físicas e jurídicas.

Isso é realizado no próprio site da SEF/SC na aba “Links de serviço”. 

A partir desse passo o tutorial é o mesmo para novos e antigos contribuintes.

É necessário solicitar o TTD (Tratamento Tributário Diferenciado) também pelo site da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF).

Para isso basta acessar seu site e ir na opção SAT (Sistema de Administração Tributária), conectando com seu usuário e senha, que pode ser consultado com seu contador, caso possuir um.

Após conectar, basta ir lendo as opções e preenchendo os dados até chegar na página onde você deve escolher o tipo de TTD que deseja. Clique na opção para ver todos os TTD’s e expanda a opção “Benefícios do Grupo: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS”.

Nessa aba você deve escolher o TTD 707, que se trata do PAF-NFC-e. A seguir deve-se preencher os dados pedidos e anexar o “Termo de Compromisso” que está no Anexo 2 do Ato DIAT 38/2020 no site da SEF, vale ressaltar que tal termo precisa estar assinado digitalmente com certificado digital padrão ICP-Brasil.

Após finalizar o que se pede no site, basta esperar um dia para que seja liberada a NFC-e em seu estabelecimento. Nesse local também é gerado o seu CSC (Código de Segurança do Contribuinte), código necessário para gerar as notas do seu comércio.

Como liberar a NFC-e (apenas online) mantendo o Cupom Fiscal

Caso você escolha essa opção, o procedimento é muito semelhante ao anterior, mudando alguns detalhes apenas, vamos lá?

O primeiro passo é solicitar o TTD (Tratamento Tributário Diferenciado) no site da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) clicando na opção SAT (Sistema de Administração Tributária).

Irá pedir para conectar com seu usuário e senha, caso você não saiba mas sua empresa possui um contador, ele terá essas credenciais.

A seguir basta ir lendo as opções e preenchendo os dados pedidos até chegar na página onde você deve escolher o tipo de TTD que deseja. 

Nessa página clique na opção para ver todos os TTD’s e expanda a opção “Benefícios do Grupo: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS”.

Você deve escolher o TTD 706, opção relacionada ao PAF-ECF, a seguir você deve preencher os últimos dados que são pedidos e já será gerado o seu CSC (Código de Segurança do Contribuinte), código necessário para gerar as notas do seu comércio.

A emissão das suas notas será liberada no dia seguinte.

Conheça o primeiro sistema de gestão para emitir NFC-e em SC

Viu como é simples liberar a emissão da NFC-e em Santa Catarina? E ainda possui vantagens para seu negócio! Está esperando o que para liberar em sua empresa? Qualquer duvida pode acessar um tutorial completo disponibilizado pelo governo de SC aqui.

Para te ajudar ainda mais neste processo, a vhsys se antecipou e foi o primeiro sistema de gestão a liberar a emissão de NFC-e para o estado de Santa Catarina, aderindo ao nosso sistema, você terá vantagens como:

  • Redução de custos com equipamentos e manutenção, diminuição da burocracia para a utilização do ECF;
  • Suporte ilimitado e gratuito;
  • Facilidade e economia de tempo nos processos;
  • Redução de custo no armazenamento e gerenciamento das obrigatoriedades fiscais;
  • Possibilidade de integração com contadores.

Além de tudo isso, nosso sistema conta com controle de estoque, financeiro, PDV, e muito mais 🙂 Faça o teste grátis clicando no banner abaixo:

Qualquer dificuldade no processo, basta deixar nos comentários que iremos te auxiliar 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Teste Grátis Hoje!

Clicando em ”Iniciar o teste” você concorda com nossos termos de uso