5 dicas para começar um negócio com baixo investimento

Autor Convidado

Já pensou em ter o seu próprio negócio? Esse é um sonho compartilhado por muitas pessoas, mas infelizmente, o sonho de se tornar um empreendedor no Brasil é visto como muito distante, afinal, é preciso de um grande investimento inicial para abrir o próprio negócio, certo? Nem sempre! O avanço da internet possibilita abertura de novos mercados inovadores e, claro, permite com que o empreendedor tenha sucesso, mesmo com baixo investimento inicial.

Confira 5 para começar um negócio com baixo investimento e prepare-se para o sucesso!

Dicas para começar um negócio com baixo investimento

Empreendedorismo digital

A primeira questão pode não ser necessariamente uma dica, mas um grande conselho. Realmente, abrir um negócio não é fácil e muito menos barato. É preciso muita pesquisa, trabalho e dedicação. Porém, como já dissemos, o ambiente digital, hoje, oferece uma excelente alternativa para quem quer começar a empreender mas não tem muito dinheiro para gastar com investimentos iniciais.

Você já parou para pensar na quantidade de pessoas que acessam a internet diariamente? Esse é um dos grandes motivos que explica a expansão do mercado online, que cada vez mais cria negócios que partem de ideias realmente inovadoras. Além disso, em geral, começar um negócio digital exige um investimento bem menor do que um negócio físico.

Pense em um exemplo no qual uma empreendedora resolve abrir uma loja: Para ter uma loja física, ela irá precisar de alugar o espaço, comprar equipamentos, decoração, contratar funcionários, estoque ,limpeza, contas de luz, água, telefone…a lista é enorme. Agora, se essa mesma empreendedora resolve abrir essa loja pela internet, precisará de muito menos coisas, por exemplo, desenvolvimento do site, domínio e estoque.

Além disso, pode-se ainda aliar esse menor custo com o fato de poder trabalhar em regime home office, que, além de significar ainda mais economia, traz conforto, flexibilidade e melhor qualidade de vida.

Então, se você quer começar um negócio com baixo investimento, a primeira coisa a se considerar é lançar-se no empreendedorismo digital.

Mercado de nichos

Se você vai trabalhar com internet, outra dica valiosa é focar no mercado de nicho. Você já sabe o que é trabalhar com nichos?

Basicamente, nichos de mercado são grupos específicos que procuram a mesma solução. O contrário de trabalhar com um mercado de nicho seria trabalhar com um mercado de massa. Por exemplo, uma loja virtual como Submarino vende produtos extremamente heterogêneos, como cds, aparelhos eletrônicos, livros, eletrodomésticos e muito outros. Então, nesse caso, é uma loja que atinge um público alvo variado, com objetivos e desejos distintos. Já uma loja como a Saque Viagem foca exclusivamente em artigos de voleibol. Você pode pensar: mas não é melhor ter uma loja que atinja um público bem maior? Pois é, imagine começar agora e ter que competir com gigantes como Submarino? A ideia de focar em um nicho é que você pode atingir um público muito mais qualificado, ainda que menor, e conquistar clientes muito mais rápido.

Resumindo: trabalhar com um nicho específico é uma ótima estratégia para novos empreendedores, uma vez que dá muito mais chance de conquistar clientes e consolidar sua marca logo de início!

Comece em um nicho que já conhece!

Além de focar em um nicho específico, o ideal é que você escolha abrir um negócio em um ramo que já possui bastante conhecimento!

Imagine, se você quer vender um curso online e trabalhar com o mercado de EAD, a melhor forma de fazê-lo é ensinar sobre um assunto que você já possui expertise. A melhor forma de empreender é achando maneiras de otimizar seu tempo e, claro, dinheiro. Então, começar em um ramo que você já entende, já conhece o mercado e até já trabalhou é uma excelente maneira de fazer exatamente isso.

Comece um negócio de casa!

Você já pensou em começar um negócio lucrativo direto da sua casa? Acredite, é possível. Você pode começar com algo que já sabe fazer, em pequena escala. Por exemplo, um negócio de confeitaria pode começar da cozinha de casa, aceitando encomendas menores. Assim, você pode começar aos poucos e ir divulgando sua marca para criar uma base sólida de clientes, começando a escalar seu negócio. Para criar um curso online, por exemplo, você pode gravar suas aulas de casa e colocar algumas disponíveis gratuitamente no YouTube, como uma degustação ou “isca”. Depois que você tiver uma boa quantidade de alunos interessados, pode procurar uma plataforma profissional de vídeos para distribuir seu conteúdo e, mais importante, ganhar dinheiro com eles.

Essa mesma estratégia pode ser feita para diversos tipos de negócio! Por exemplo: costura, artesanato, canal de vídeos (cursos online EAD), consultorias variadas, design, fotografia…. As possibilidades são infinitas!

Começando com um negócio pequeno, investindo bem na divulgação e criando uma base sólida é possível fazer seu negócio escalar e chegar até muita gente. E depois que você já viu que é uma boa ideia de empreendimento e que tem como dar certo, é hora de buscar investidores!

Buscando investidores

Você já deve ter ouvido falar no termo ‘investidor-anjo’, certo? Esses investidores são, hoje, uma das maiores fontes de investimento para startups e outras empresas no ramo da tecnologia. Se você tem uma ideia com grande potencial de retorno, uma boa maneira de tirá-la do papel é buscando um investidor-anjo ou participando de programas de aceleração.

Contudo, para conseguir um bom investimento, primeiro você deve fazer uma apresentação matadora da sua ideia! Para fazer justamente isso, você precisará de um plano de negócios bem completo.

O plano de negócios

Resumidamente, um plano de negócios é um documento de apresentação de um negócio ou ideia de negócio. Nele, você irá descrever detalhadamente o objetivo do negócio e quais passos serão dados para alcançá-lo. Para qualquer empreendimento, esse é um documento essencial.

Para redigi-lo, será preciso fazer uma extensa pesquisa de mercado, de concorrência, marketing e muito mais. É por isso que o plano de negócios deve ser sempre o primeiro passo para começar a empreender.

Invista no marketing digital

Para começar um negócio na internet, estudar sobre marketing digital pode ser o diferencial para alcançar o maior público possível. E além de muitas outras vantagens, o marketing digital é muito mais barato que o marketing tradicional, e, acredite, muito mais efetivo!

Pense em um anúncio em formato de comercial de televisão. O objetivo é alcançar muitas pessoas, mas não há um controle muito exato de qual público assistirá ao anúncio. O público da televisão, ainda que esteja assistindo a um mesmo programa, é muito heterogêneo. Então, a não ser que o seu empreendimento esteja voltado, de fato, para o mercado de massas, investir no marketing de mídias tradicionais – televisão, revistas, jornais, etc. – pode ser muito caro e pouco efetivo.

Basicamente, a ideia é a mesma que mencionamos em relação aos nichos de mercado. Você focar em um público menor e mais qualificado pode ser bem melhor do que tentar alcançar o maior número de pessoas.

Essa é a ideia do marketing digital. Focado em redes sociais e mídias via internet, a ideia é atrair novas oportunidades de negócio – além de melhorar a presença digital do seu empreendimento – usando práticas inovadoras. É possível, por exemplo, criar anúncios pagos pelo Facebook, e separar exatamente qual tipo de público você quer atingir, separados por idade, gênero, profissão, interesses e muito mais. E tudo isso de uma forma que cabe no bolso!

Então, se você quer começar um negócio e não quer investir muito dinheiro em publicidade logo de início, invista no marketing digital e posicione-se pela internet!

Plano de marketing digital

E assim como o plano de negócios, um documento importantíssimo é o plano de marketing digital. Ao redigir um plano, você deixa claro seus objetivos e como mensurá-los, afinal, essa é a única forma de saber se o que você está fazendo funciona ou não, certo?

E aí, gostou das dicas e está pronto para tirar sua ideia do papel? E se você tiver mais alguma dica para começar um negócio com baixo investimento, conta para a gente nos comentários! Bom empreendimento!

Artigo escrito por Débora Gomes, da equipe de Marketing da SambaTech

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Autor Convidado
Sobre o autor
Autor Convidado

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações