Dicas para melhorar o controle de almoxarifado

26.12.2019
Dicas para melhorar o controle de almoxarifado

Um dos fatores que impulsionam o sucesso das empresas iniciantes é conseguir realizar um bom controle de almoxarifado e de estoque. É comum usar os dois termos como sinônimos, mas há diferenças entre eles.

É importante entender o que cada um significa para acertar na gestão de seu negócio. 

Acompanhe neste post as melhores dicas para o seu almoxarifado! 

Estoque

De modo bem simplificado, podemos entender o estoque como os produtos que a empresa armazena para comercialização, ou seja, são os produtos que ela venderá.

E, portanto, uma boa gestão de estoque garante que não falte produtos para o consumidor.

Almoxarifado

O almoxarifado se trata dos produtos que são de uso interno da empresa. Em outras palavras, são os produtos que garante que as atividades da empresa possam se desenvolver de modo adequado. 

Desse modo, um bom controle de almoxarifado garante que sua empresa “funcione”. Organizar as planilhas do almoxarifado é uma tarefa que pode parecer cansativa, mas existem maneiras de fazê-lo de modo que não se torne um peso para seus funcionários. 

A adoção de um sistema integrado de gestão, por exemplo, é uma ótima maneira de agilizar esse processo.

Modelos de almoxarifado

Existem diferentes tipos de modelos de almoxarifados, pátio, armazém e galpão são os mais conhecidos. Para optar por um deles é preciso entender qual o tipo de material que ficará acondicionado nele.

Nós falamos sobre cada um desses modelos no artigo sobre “Como organizar um almoxarifado“.

Abaixo listamos algumas dicas que ajudam diretamente na organização do almoxarifado. 

1 – Controle do local físico

Antes mesmo de organizar tudo no seu sistema, você deve se certificar que possui um bom lugar para guardar todos os seus materiais.

Para facilitar o armazenamento, opte pela compra de caixas organizadoras, prateleiras, armários etc.

Após isso, é preciso estabelecer uma classificação para separar os itens e ter uma boa organização. Simples etiquetas podem te ajudar a separar por categorias, por exemplo: 

  • produtos de limpeza;
  • informática;
  • escritório.

Seguindo isso, fica muito mais fácil você conseguir encontrar seus itens depois, além de sempre saber onde os materiais estarão. 

2 – Defina a quantidade de material necessário 

A quantidade de material é tão importante quanto a organização desses itens. É preciso definir qual a quantidade atual de cada produto, bem como a quantidade mínima e máxima. 

O controle da quantidade é realizado com a anotação de entrada e saída de cada item. Assim, o processo é automatizado e você não se perde na contagem dos produtos.

Ao manter o controle de almoxarifado, de todos os itens do seu negócio, você reduz os custos desnecessários e evita a falta de materiais importantes do seu negócio. 

3 –  Pessoas capacitadas

Se engana quem acredita que qualquer um é apto para cuidar da organização de um almoxarifado.

A pessoa ou equipe responsável por cuidar desse setor deve sempre procurar aperfeiçoamento para entender e identificar novas metodologias para aplicar no espaço. 

4 – Limpeza constante do local

Parece absurdo, mas há quem negligencie a limpeza do almoxarifado. Isso é um erro grave que pode resultar no aparecimentos dos mais diversos bichos que podem deteriorar as mercadorias e mobílias. 

Além disso, o acúmulo de objetos dispensáveis podem tomar mais tempo para organização e dinheiro também. Vale a pena deixar a equipe responsável alinhada em relação a esses cuidados.

Veja essa rápida listagem sobre os tópicos abordados acima para te ajudar a organizar o almoxarifado de maneira mais produtiva:

  • Anotar a entrada e saída de todos os materiais
  • Conferir o número de produtos recebidos
  • Conferir se as informações, entre o número de materiais armazenados e os registros conferem
  • Verificar se não há duplicidade ou falta de produtos nos registros
  • Identificar e dispensar materiais obsoletos
  • Verificar os parâmetros de compra e estocagem periodicamente
  • Ter uma equipe responsável exclusivamente para esse setor
  • Investir na capacitação da equipe

Desse modo, funcionando organicamente seu negócio terá oportunidades reais de crescer.

Esperamos que este artigo tenha ajudado, outras sugestões ou dúvidas podem ser enviadas nos comentários.

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça o VHSYS

Sistema de

Gestão Completa VHSYS

Emita Notas Fiscais

Gerencie as Vendas

Controle o Estoque

Organize seu Financeiro

Saiba mais
Desbloquear conteúdos

Torne-se um empreendedor de sucesso. Tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos gratuitamente.