Como vender na internet: guia para iniciantes

11.03.2020

Você já fez alguma compra pela internet? Se sim, você deve estar familiarizado com as palavras E-commerce, Marketplace, Loja Virtual e afins.

A facilidade de comprar pela internet já conquistou milhares de pessoas e muitas já abandonaram totalmente as compras em lojas físicas.

Com essas afirmações a gente logo de cara já sabe que o empreendedor que usa a internet como meio de venda, pode ter muito sucesso.

Mas por que será que muitos empreendedores não oferecem seus produtos na internet? Será que é muito burocrático? É caro? O que precisa para começar a vender pela internet?

Essas e outras dúvidas você vai conseguir tirar neste post.

O que é comércio eletrônico?

O comércio eletrônico é o processo de compra e venda de produtos por meios eletrônicos. 

Para que o empreendedor possa começar a vender seus produtos na internet, ele precisa escolher um tipo de plataforma para criar sua loja online.

Em alguns casos, o empreendedor precisa desembolsar um certo valor para conseguir criar esse espaço para vendas na internet. 

Mas também há várias outras opções que ele pode adotar e que não exigem nenhum tipo de investimento financeiro como é o caso dos Marketplaces e Redes sociais.

Lojas virtuais

Como já dito acima, as lojas virtuais são plataformas que os empreendedores precisam pagar para serem desenvolvidos por profissionais ou pessoas especializadas.

Esses sites são de vendas exclusivas de uma empresa, ou seja, possuem seu próprio sistema de vendas, de logística de envio e também de recebimento de pagamentos.

A loja online deve ter um nome, uma marca e também um design com a identidade visual do negócio. 

Uma das principais vantagens de investir nesse tipo de plataforma é o aumento da visibilidade do negócio, por conta dos inúmeros acessos, ajudando na performance das vendas.

No entanto, existem alguns gastos que devem ser considerados como os de desenvolvimento e manutenção do site, além dos gastos com Marketing Digital.

Marketplaces

Marketplace é uma plataforma online disponibilizada por uma empresa que permite vários vendedores se cadastrarem e venderem seus produtos. 

Uma das vantagens desses sites de vendas compartilhados, é que o empreendedor não tem gastos com desenvolvimento e manutenção do site, e nem mesmo com Marketing, pois a equipe interna do Marketplace fica responsável por essas questões. 

Mas esse tipo de negócio também traz algumas desvantagens para o empreendedor, pois existem milhares de anúncios e produtos cadastrados em um mesmo Marketplace. 

Assim, isso acaba gerando uma grande concorrência entre os vendedores e tornando a venda ainda mais trabalhosa.

Redes Sociais

As redes sociais foram criadas com o propósito de conectar pessoas, mas como existe um gigantesco número de pessoas que estão diariamente presentes por lá, essas plataformas tornaram-se também ótimas ferramentas de vendas. 

Isso mesmo, pelas redes sociais como Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Youtube e até mesmo via WhatsApp, é possível utilizar meios de interação online para divulgar produtos ou serviços e aumentar as vendas.

Como começar a vender na internet?

Para dar o pontapé inicial nas suas vendas online é preciso seguir alguns passos importantes.

Conheça quais são eles logo abaixo:

1ª Etapa do processo: Planejamento

A parte do planejamento serve para definir os produto que serão vendidos, quais serão os fornecedores, verba disponível para a criação de um estoque etc.

Uma dica é escolher estrategicamente produtos que sejam de fácil entrada no mercado e que façam parte de um nicho específico. Assim, você deixa a variedade para depois e se especializa em um único ramo.

Além disso, você precisa ter bem desenhado quem é o seu público-alvo Ou seja, quem são seus possíveis clientes e como você pode adotar ações e campanhas para impacta-los com suas ofertas.

2ª Etapa do processo: Formalização

A formalização de seu negócio é o que vai te permitir comprar de fornecedores, emitir notas fiscais e realizar as demais burocracias das empresas.

Mas para isso, você precisa conhecer as opções de modelos de empresa que poderá abrir e quais são seus regimes tributários. 

O regime MEI, por exemplo, é o regime tributário mais prático e barato de formalizar seu negócio. Ou seja, ideal para quem está começando no mundo dos negócio. Mas assim como os demais, possui suas regras e precisam ser seguidas.

3ª Etapa do processo: Estrutura

Nessa etapa você precisa estruturar todos os processos que terá que lidar trabalhando com suas vendas online. 

Por exemplo, determinar os meios de pagamento que serão aceitos, como os produtos serão enviados para os clientes, taxas de entrega etc.

Nos casos das vendas realizadas por Marketplaces, normalmente, os métodos de recebimento de pagamentos já são pré estabelecidos pela própria plataforma, o que já facilita a vida do empreendedor.

O mesmo acontece com o envio das mercadorias. Boa parte das empresas trabalham via correio, mas há quem opte por enviar os produtos por uma transportadora.

4ª Etapa do processo: Canais de audiência e atendimento

Antes de começar a conversar com o seu cliente e impacta-lo com campanhas, promoções, ou seja, engaja-los sobre seus serviços, é preciso escolher seus canais de comunicação. 

O principal canal mais utilizado hoje são as Redes Sociais. Então, você pode criar um perfil para seu negócio, onde conseguirá divulgar seus produtos, montar campanhas, interagir com seus clientes e muito mais.

Por conta das pessoas estarem mais habituadas a conversarem pelas redes sociais, é possível utilizá-los como canal de atendimento ao cliente.

Mas além das redes sociais, existem muitos outros meios onde você pode manter um contato com os seus clientes. Conheça alguns deles abaixo:

  • E-mail: O e-mail ainda é o principal meio de comunicação formal usado pelas empresa. Por isso, é imprescindível oferecer essa opção para seus clientes entrarem em contato com seu negócio.  
  • WhatsApp Business: O WhatsApp é uma nova opção que os empreendedores têm de estreitar o relacionamento com os seus clientes. Esse aplicativo funciona da mesma maneira do Whatsapp convencional. A única diferença é que a conta criada é comercial. Além disso, há outras funcionalidades exclusivas para o envio de promoções e campanhas, por exemplo, chama de lista de transmissão.
  • Chat: Para quem já trabalha com um site de vendas próprio, uma outra opção é instalar um chat dentro da plataforma. Assim, fica muito mais fácil e prático responder as mensagens de seus clientes.

5ª Etapa do processo: Vendas

Quando todas as etapas acima são bem feitas e seguidas a risca, fica muito mais fácil alcançar o objetivo que é vender.

Se os seus produtos estão sendo divulgados corretamente, os canais de atendimento estão funcionando e você trabalha com boas campanhas para seu público, as chances de efetivar as vendas já é grande.

Então, lembre-se que o primeiro passo para qualquer ação dentro da sua empresa, principalmente de vendas, é a estruturação do seu planejamento. 

6ª Etapa do processo: Validação

A validação vai te ajudar a ter controle sobre as vendas efetuadas, facilitando a entrada e saída de mercadorias. Ou seja, quais produtos possuem mais saída e necessitam de estoque frequente.  

Lembre-e que manter esses dados sob controle são fundamentais para otimizar cada vez mais o seu negócio e oferecer sempre os produtos que realmente sejam do interesse dos clientes.

Quais são os melhores produtos para vender na internet?

Essa não é uma pergunta fácil de responder, pois a resposta está presa à diversos fatores: ramo, segmento, mercado, sazonalidade etc.

Mas sabemos que existem certos nichos que possuem uma grande aceitação no mercado online e que estão em constante crescimento.

Assim, trouxemos algumas ideias de produtos, por nicho, que estão sempre em alta nas vendas online. 

Eletrodomésticos

Os eletrodomésticos sempre estão como um dos campeões de venda e lideram o faturamento no mercado online no Brasil. 

Os produtos mais conhecidos deste ramo são: geladeiras, microondas, máquinas de lavar, fogões, liquidificadores, cafeteiras, ventiladores, secadores de cabelos, furadeiras, entre outros.

Telefonia e celulares

Com os rápidos avanços tecnológicos, a todo momento, são lançados novos modelos de smartphones e tablets no mercado. Com isso, não há quem não pense em trocar de celular entre 1 ou 2 anos de uso, por conta das novidades.

Um das dificuldades que trabalhar com esse ramo é a grande concorrência com as grandes lojas já ancoradas no mercado. Por isso, a criatividade para oferecer um diferencial para os clientes é essencial.

Casa e Decoração

O ramo de produtos para Casa e Decoração também possui grande procura. Por serem produtos fáceis de serem entregues e manuseados, as pessoas gostam de realizar a compra pela internet. 

Informática 

No ano passado, 2019, as vendas de produtos para informática foi responsável por 9,6% de todo o faturamento de vendas online no Brasil. 

Isso significa que esse também é um ótimo nicho para quem pretende iniciar um novo negócio, com foco em vendas online, e que ainda não definiu com o que deseja trabalhar.

Perfumaria, Cosméticos e saúde

As pessoas estão cada vez mais preocupadas em cuidar da saúde e também da aparência. 

Com isso, há uma grande procura por produtos como maquiagens, cremes de tratamentos para pele, produtos para os cabelos, perfumes e até mesmo vitaminas específicas.

Esporte e Lazer

Artigos esportivos também são ótimo produtos para serem ofertados no meio digital, mas pense bem nos micro nichos que existem para não querer abraçar o mundo.

Isso porque existe uma enorme variedade de produtos como por exemplo acessórios para ciclismo, material para montanhismo, ginástica, yoga, entre muitos outros.


Como a gente viu, as vendas pela internet já se tornaram tão comum que é muito difícil você não encontrar um produto que deseja online. E isso, sem contar a variedade que encontramos do mesmo produto.

Há quem acredite que comprar pela internet é muito mais vantajoso do que na loja física. Isso porque do conforto de casa, você visita vários lojistas, analisa ofertas e escolhe o melhor preço.

E essa preferência pelo público só faz com que os empreendedores invistam cada vez mais no comércio eletrônico.

Para quem pretende começar a vender pela internet a principal dica que damos é: pesquise muito antes de pensar em ofertar qualquer produto no online. E principalmente se pretende começar um negócio do zero.

São diversos os segmentos, variedade do mesmo produto, diferentes valores, tamanhos e modelos. Isso tudo torna a escolha de quais produtos vender ainda mais complexa.

Por isso, pesquise sobre os principais produtos que já estão sendo ofertados e quais possuem um maior volume de vendas. Também é muito importante pesquisar a concorrência e procurar oferecer aos seus clientes algo diferente que ainda ninguém oferece. Desta forma você irá ganhar vantagem competitiva e conquistar mais pessoas.

Vale lembrar, que iniciar um  novo negócio seja ele uma loja física ou virtual é sempre um grande desafio para qualquer empreendedor. No entanto, em todas as fases do negócio é essencial buscar conhecimento sobre o mercado e se preciso, pedir ajuda especializada de profissionais que possam auxiliar nos momentos das incertezas e das dificuldades.

Para simplificar a vida corrida do empreendedor o sistema de gestão online vhsys busca facilitar as rotinas de gestão do negócio para que o empreendedor tenha mais tempo para fazer o que realmente importa.

Além de fazer a integração de todas as áreas do negócio como o financeiro, vendas, estoque e emissão de notas fiscais, o sistema vhsys também possui integração com os principais Marketplaces do mercado e disponibiliza um aplicativo exclusivo para desenvolvimento da sua loja online.

Incrível né? Então teste o vhsys grátis por 7 dias e conecte-se!

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça o VHSYS

Sistema de

Gestão Completa VHSYS

Emita Notas Fiscais

Gerencie as Vendas

Controle o Estoque

Organize seu Financeiro

Saiba mais
Desbloquear conteúdos

Torne-se um empreendedor de sucesso. Tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos gratuitamente.