Confira as opções para a emissão de nota fiscal sem ter empresa aberta.

Como fazer emissão de nota fiscal sem ter empresa aberta?

Jorge

Foi contratado para realizar um serviço ou vender um produto e para receber o pagamento o contratante exige a emissão de nota fiscal. Mas você não tem empresa aberta, como fazer? Neste artigo vamos apresentar suas alternativas.

Legislação: por que fazer emissão de nota fiscal?

A Lei Nº 8.846, de 21 de janeiro de 1994 afirma que a emissão de nota fiscal – recibo ou pagamento equivalente – relativo à venda de mercadores, serviços e operações de alienação de bens móveis, deve ser feita. Não trata-se de um comprovante da operação, na verdade, seu principal objetivo tem relação com a correta tributação sobre a transação realizada.

Temos então que não emitir nota fiscal incorre num problema de “ilegalidade”. Por isso, quem não tem empresa aberta precisa recorrer a uma das três alternativas apresentadas a seguir:

Nota fiscal avulsa

Existe a possibilidade de pessoas físicas fazerem a emissão de nota fiscal.

Em geral, para a emissão de nota fiscal é necessário realizar um cadastro na prefeitura da cidade. Após esse processo, pode-se obter notas avulsas em papel ou a emissão pode ser feita por meio eletrônico, a NFS-e.

Mas preste atenção, porque nem todas as prefeituras disponibilizam esse procedimento.

Conheça o VHSYS e facilite a gestão da sua empresa!

RPA

Já ouviu falar em Recibo de Pagamento Autônomo? Trata-se de um documento que pode ser adquirido pronto, em papelarias.  Ele é utilizado para comprovar uma transação econômica realizada por um profissional autônomo.

Sobre o RPA incidem os descontos para o INSS e IRRF. Dependendo da legislação municipal ainda poder ser descontados ISS.

Se esse serviço for uma situação ocasional o recibo ou a nota fiscal avulsa devem servir. Porém, se pretende utilizar a prestação de serviço como uma fonte extra de geração de renda, considere a possibilidade de realizar o cadastro de Microempreendedor individual, o MEI.

O procedimento é bastante simples, podendo ser realizado todo por meio online. Já falamos sobre isso nesse artigo.

O cadastro no MEI garante vários benefícios e possibilidade de crescimento. No Portal do Empreendedor você pode encontrar dicas de como proceder. E para ajudá-lo com a gestão conte com este blog.

Tem alguma sugestão de tema? Comente!

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Jorge
Sobre o autor
Jorge
Analista de SEO na VHSYS. Formado em Marketing pelo UNICURITIBA e pós-graduado em Gestão de Negócios pela UFPR.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais