Conecte-se ao conhecimento

Sistema de Gestão Online

Saiba como abrir um CNPJ e quais informações você deve saber antes de fazer o procedimento

Um dos primeiros passos a ser dado por quem deseja abrir um negócio é realizar o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, o CNPJ. Esse cadastro, igualmente o CPF, é um número único que identifica a empresa. 

Somente depois que já estiver com um CNPJ é que a empresa pode emitir nota fiscal, fazer compras e mesmo contratar serviços. Realizar essas atividades sem esse registro é ilegal, mesmo que sua empresa não conte com um espaço físico, como no caso de E-commerce, por exemplo.

Quer saber melhor como funciona o processo de abertura de um CNPJ? Acompanhe abaixo:

O que é CNPJ?

O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, CNPJ, é conhecido por ser a identidade de uma empresa. Todo novo negócio precisa dessa identificação para exercer suas atividades legalmente perante o Estado.

O número do CNPJ é composto por 14 dígitos, sendo configurado da seguinte maneira: XX. XXX. XXX/XXXX-XX. Os oito primeiros dígitos formam o número de inscrição (raiz, nº base), os quatro dígitos após a barra representam o número de estabelecimentos inscritos (filiais) e os dois últimos são os dígitos de verificação.

É importante saber também que a abertura de um CNPJ não é válida somente para as pessoas que têm uma empresa de fato.O CNPJ é imprescindível também para profissionais autônomos que precisam emitir nota fiscal para empresas sobre o serviço prestado.

Saiba qual é a importância de formalizar o seu negócio

Mesmo o trabalho informal sendo um risco para os donas e donas do próprio negócio, ainda existem muitas empresas que funcionam sem o devido registro.

Quando um negócio não é formalizado, o risco de fechar suas portas em caso de fiscalização é muito grande. Além disso, toda a mercadoria do estabelecimento pode ser apreendida, perdendo os valores investidos no negócio, dificultando assim a expansão da empresa.

Ao formalizar a sua empresa, além de evitar esses e quaisquer outros problemas envolvendo a fiscalização, a sua empresa terá acesso a diversos benefícios por estar em dia com as obrigações previstas pela lei.

Entre esses benefícios estão a solicitação de financiamentos e empréstimos, participação em licitações, recebimento de subsídios do governo, possibilidade de aumento das vendas e conquista da confiança dos novos clientes.

O que você precisa saber antes de abrir um CNPJ

A burocracia no Brasil para abrir uma empresa, muitas vezes, acaba desencorajando as pessoas de realizar o sonho de ter o próprio negócio.

São diversos procedimentos que antecedem a criação do CNPJ, como escolha de regime tributário, natureza jurídica, verificar a viabilidade para o nome da empresa, alvará e muito mais.

Para facilitar um pouco mais esse processo para você, separamos algumas informações importantes que você precisa saber antes de abrir o próprio negócio, confira:

Escolha o tipo de empresa

Tenha em mente qual é o tipo de empresa que você pretende abrir. Para isso, considere a atividade e as faixas de faturamento, pois esses são os principais fatores que influenciam na escolha do porte da empresa.

Por exemplo, a grande maioria das pequenas empresas estão enquadradas como ME, Microempresa, com possibilidade de faturamento de até R$ 360.000,00 anual. Ou então EPP, empresa de pequeno porte, com faturamento de até R$ 4.800.000,00 ao ano. 

Identifique qual é o código CNAE das atividades

As atividades das empresas são separadas por códigos que indicam os regimes de tributação, como Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro real. É por esse código também que o Governo atribui as obrigações burocráticas, bem como a limitação de atividades que a empresa pode exercer.

Apesar da escolha do código CNAE ser imprescindível no momento da abertura da empresa, é possível alterá-lo depois. Para determinar o código é preciso escolher um como principal (atividade primária), mas também é possível escolher códigos complementares, no caso, as atividades secundárias.

Selecione a natureza jurídica

A chamada natureza jurídica de uma empresa é nada mais do que o regime jurídico em que ela se enquadrará. Ou seja, é uma forma de classificação que determina a estrutura e funcionamento da empresa.

A natureza jurídica é responsável pelas normas de constituição, quadro de sócios, capital social, entre outras questões que envolvem diretamente o funcionamento da empresa e seu enquadramento legal. 

Alguns exemplos de natureza jurídica são: Empresário Individual (EI), Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI), Sociedade Simples, Sociedade Empresária Limitada (LTDA), entre outras.

Separe os documentos necessários

Além da documentação básica para a abertura de uma empresa, como RG, CPF, comprovante de endereço, certidão de casamento (quando houver) etc. existem outros documentos que são solicitados e indispensáveis para o processo de formalização. 

Confira quais são eles:

  • Contrato social – documento usado para os sócios definirem os objetivos e os interesses deles e da empresa.
  • Registro na Junta Comercial – após o preenchimento do formulário de registro e do pagamento das taxas será emitido o NIRE, Número de Registro da Empresa.
  • Inscrição estadual – deve ser solicitada junto à Secretaria da Fazenda e serve para regularizar o recolhimento dos impostos estaduais, como o ICMS.
  • Alvará de funcionamento – documento que autoriza o funcionamento da empresa no local que você e seus sócios escolheram. A solicitação deve ser feita na Prefeitura do seu município.
  • Licença dos bombeiros – a solicitação deve ser feita diretamente no Corpo de Bombeiros. Há uma taxa para a realização da vistoria.
  • Licença da Vigilância Sanitária – licença obrigatória. Antes de solicitá-la é preciso pedir guia de recolhimento na Secretaria Municipal de Saúde da cidade.
  • Registro na Previdência Social – documento referente ao pagamento dos tributos do INSS. A solicitação deve ser feita em até 30 dias após a abertura da empresa.

Passo a passo – Como abrir um CNPJ

Depois de desenhar seu modelo de negócio, é chegada a hora de formalizar a decisão por meio dos procedimentos legais. Ou seja, validar todas as informações que você coletou na prática.

A formalização de um novo negócio acontece por meio do registro em uma Junta Comercial, com a documentação necessária para receber o CNPJ. E cada tipo e porte de empresa tem seus próprios procedimentos e documentos que devem ser apresentados.

Veja quais são as principais:

Como abrir um CNPJ MEI

O MEI é o mais desburocratizado entre os regimes tributários existentes. Para abrir uma empresa nesse regime o(a) profissional precisa ter CPF e ser maior de 18 anos. Quando formalizado, o MEI recebe um CNPJ e uma Inscrição Municipal, estando autorizado a emitir notas fiscais.

Para registrar um MEI basta entrar no site do Portal do Empreendedor, preencher o cadastro e em poucos minutos o CNPJ fica disponível.

Como abrir um CNPJ ME

Para a abertura de microempresa, assim como as demais, há uma série de documentos pré-estabelecidos, como o registro na prefeitura ou administração regional da cidade de funcionamento para ter o cadastro liberado. 

Veja quais são os principais documentos para conseguir abrir uma ME:

  • Contrato social;
  • Registro na Junta Comercial;
  • CNPJ;
  • Alvará de funcionamento;
  • Inscrição estadual.

Como abrir um CNPJ Ltda

De acordo com o SEBRAE, a Sociedade Limitada é uma das opções de empresa mais utilizada no Brasil. Isso por conta da sua simplicidade e por proteger o patrimônio pessoal dos sócios.

Veja quais são os passos para abrir um CNPJ Ltda:

1- Organize seu plano de negócios;

3- Elabore um contrato social;

4- Escolha a atividade de atuação;

5- Registre o contrato na Junta Comercial;

6- Busque o alvará de funcionamento;

7- Cadastro na Secretaria Estadual e Previdência Social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assuntos relacionados

Cadastro Newsletter

Fique por dentro dos principais assuntos do mundo do empreendedorismo. Atualize seus conhecimentos, baixando materiais como ebooks, planilhas, vídeos e muito mais.