5 vantagens da emissão de boleto registrado

João Jovanaci

A  Federação Brasileira de Bancos (Febraban) modificou as regras para emissão de boletos. Até o final de 2018 não será mais possível emitir boleto sem registro para novos clientes.

Com a nova regra em vigor, os boletos registrados passam a ser obrigatórios.

Por isso, trouxemos uma lista com as principais vantagens em emitir boleto registrado.

O que é o boleto com registro?

A emissão de boleto registrado acontece quando a empresa gera e envia o boleto ao sistema bancário de emissão, que por sua vez terá todos os detalhes da cobrança.

Com isso, o banco terá acesso as informações do arquivo, como código, valor, vencimento, CPF do cliente, entre outros.

Conheça as vantagens na emissão de Boleto registrado

Com a mudança anunciada pelo Febraban, ainda existem muitas dúvidas com relação às diferenças entre boleto com registro e o boleto com registro. As principais dúvidas estão com relação aos benefícios que o novo sistema de emissão trará.

Confira as principais vantagens

Maior controle das operações

Devido ao registro junto ao sistema bancário, o boleto registrado funciona como um documento oficial.

Com isso, existe maior controle e segurança durante as transações de compra ou venda, uma vez que a instituição terá todos os detalhes da cobrança.

Possibilidade de protesto do boleto

Com a emissão de boleto registrado existe a possibilidade da empresa em protestar o boleto no caso de inadimplência.

Entretanto, essa cobrança só poderá ser efetuada a partir do momento da entrega de um produto ou realização de um serviço.

Se tratando de e-commerce, por exemplo, a cobrança seria indevida diante de um pagamento não efetuado. Além disso, o consumidor normalmente paga adiantado pelo produto neste caso.

Vale lembrar que o protesto do boleto não será feito de forma automática, cabe a empresa procurar o cartório de títulos da cidade e comprovar a dívida. É importante verificar com o cartório qual o processo correto para o protesto.

Fraudes com boletos minimizadas

De acordo com o próprio Febrabran, no ano de 2016 as fraudes com boleto passaram dos 300 milhões de reais.

O boleto registrado também tem como objetivo minimizar esse risco. Sendo assim, todos os dados serão arquivados na Câmara Interbancária de Pagamentos (CIP).

Com isso a instituição bancária poderá conferir se todas as informações referentes ao boleto estão de acordo.

Mais eficiência para lojistas e empreendedores

O boleto registrado vai contribuir para a redução de erros de cálculo e multas e encargos por atraso.

Além disso, será possível fazer a atualização do valor do boleto sem a necessidade de emitir uma segunda via.

Mais vantagens para clientes

Além de maior segurança na hora do pagamento, o cliente também terá outros benefícios.

Um dos mais atrativos está na possibilidade de pagamento de um boleto vencido em qualquer banco.

Além disso, também não será mais necessário a emissão da segunda via do boleto.

Como emitir boleto registrado?

Com o sistema de emissão de boleto da VHSYS você pode emitir o boleto de forma rápida e fácil.

Nosso sistema possui integração com o Gerencianet, sistema de pagamento online que possibilita a emissão de boleto registrado sem tarifas de registro.

O procedimento para emitir boletos pode ser feito em minutos. Basta criar uma conta, instalar o aplicativo dentro do seu sistema e solicitar a emissão, tudo dentro do próprio VHSYS.

Você não precisará de carteiras de cobrança para emitir boletos.

Ainda tem alguma dúvida sobre como emitir boleto registrado? Deixe seu comentário aqui no post!

Fique por dentro das ultimas novidades no ambiente empresarial

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

João Jovanaci
Sobre o autor
João Jovanaci
Analista de Marketing de Conteúdo na VHSYS, formado em Publicidade, Propaganda e Marketing.