SIMEI: o que é?

Fernando

Você, microempresário, está se preparando para regularizar sua situação junto à Receita? Bem-vindo, preparamos este artigo para ajudá-lo.

O que é MEI?

Antes de começarmos, é importante definirmos o que é MEI e Simei. Primeiramente, o Microempreendedor Individual, ou MEI, é o profissional autônomo que se registra e se legaliza como micro empresário. Os requisitos para registrar-se na categoria é faturar no máximo R$60.000,00 por ano e não ter participação ou sociedade com outra empresa.

As vantagens para os profissionais enquadrados na categoria de MEI é fazer parte do Simples Nacional e ficar isento de tributos federais. Além disso, o microempreendedor em quadrado nesta categoria tem acesso a diversos benefícios, como aposentadoria, auxílio doença e maternidade.

MEI x SIMEI

Agora que temos a definição de MEI, perguntamos: o que é SIMEI? Há diferença entre MEI e SIMEI?

A sigla SIMEI faz referência a Sistema de Recolhimento em Valores Fixos Mensais dos Tributos abrangido pelo Simples Nacional devidos pelo Microempreendedor Individual, o MEI.

As siglas se referem a coisas distintas: SIMEI, é o sistema de recolhimento de tributos, previsto no artigo 18-A da Lei Complementar nº123, e MEI, é o microempreendedor individual.

O que significa na prática uma empresa SIMEI?

Além da possibilidade de regularizar seu negócio, o MEI traz benefícios como isenção de impostos federais e segurança previdenciária.

Todas as operações relativas ao MEI, enquadrado no SIMEI, são realizadas via internet, como a emissão da DAS e a Declaração Anual, por exemplo. Tudo com maior comodidade e agilidade!

Cadastro de enquadramento no SIMEI

Para realizar o cadastro é fácil, basta ir ao Portal do Simples Nacional e preencher o formulário. O serviço “Solicitação de enquadramento no SIMEI”, disponível no portal do Simples Nacional, deve ser utilizado apenas por empresários individuais que queiram ingressar no SIMEI. O serviço está disponível entre o primeiro e o último dia útil de janeiro e, uma vez deferido o pedido, o enquadramento produz efeitos a partir do primeiro dia do ano-calendário em que foi realizada a solicitação.

Quanto custa a formalização?

O ato de formalizar-se está isento de todas as tarifas. Tanto para a formalização, quanto para a primeira declaração anual, existe uma rede de empresas de contabilidade que, por serem optantes pelos SIMPLES NACIONAL, irão realizar essa tarefa sem cobrar taxas, no primeiro ano. Uma vez realizada a formalização, o empreendedor terá os seguintes custos:

SIMEI: o que é?

Para a Previdência: R$ 44,00 por mês (representa 5% do salário mínimo que é reajustado no início de cada ano);
Para o Estado: R$ 1,00 fixo por mês, se a atividade for comércio ou indústria;
Para o Município: R$ 5,00 fixos por mês, se a atividade for prestação de serviço.

Como realizar o pagamento desses valores?

O pagamento é realizado por meio de um documento chamado DAS, gerado pela internet, no Portal do Empreendedor. Você pode gerar os DAS do ano inteiro e ir pagando mensalmente. O pagamento pode ser feito nas redes bancárias e casas lotéricas, sempre até o dia 20 de cada mês.

Como vimos, há muitas vantagens em ser optante pelo SIMEI. Restou alguma dúvida? Comente!

Fique por dentro das ultimas novidades no ambiente empresarial

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Fernando
Sobre o autor
Fernando
Formado em Marketing e Coordenador de Marketing de Conteúdo na VHSYS.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

6 COMENTÁRIOS

Bruno
26/06/2017 - 05:35:24

Olá, gostaria de saber se teria a possibilidade de tirar 2ª via de todos as declarações anuais feitas desde a abertura da empresa, pois, não tenho mais as mesmas e preciso para participar de uma licitação municipal.

Agradeço desde já.

Jorge
31/07/2017 - 03:09:18

Olá, Bruno. Tudo bem?

No portal do Simples Nacional ao fazer o login você vai encontrar as opção “Simples – Serviços”, menu “Cálculo e Declaração”, opção “Consulta Declarações Transmitidas”. Lá é possível imprimir todas as declarações transmitidas pela sua empresa.

Até mais! 🙂

Luciana
11/09/2017 - 06:50:51

Boa noite. Eu sou MEI desde 2014, porém ao clicar na “Solicitação de Opção pelo SIMEI” é informado que: “Solicitação de opção pelo SIMEI não aceita.” Devido ao prazo que seria no mês de janeiro.
Isto significa que eu já estou no SIMEI e esta ferramenta gera esta informação automaticamente?
Obrigada.

Rosana Moraes
22/09/2017 - 10:11:00

Olá Luciana, tudo bem?

Entre em contato com o Fale Conosco oferecido pelo site do Simei e verifique se você já está cadastrada ou não: http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/FaleConosco.aspx

Até mais!

Geraldo
08/11/2017 - 11:38:47

Pelo que entendi a única diferença em ser optante pelo SIMEI é poder emitir as guias de pagamento pela internet? O MEI que não opta pelo SIMEI não consegue fazer essa emissão pela internet? O valor total final pago pelo MEI optante pelo SIMEI e pelo não optante são os mesmos? Obrigado.

Rosana Moraes
13/11/2017 - 05:53:28

Olá Geraldo, tudo bem?

O SIMEI é o sistema no qual o MEI realiza o pagamento dos tributos. Não é necessário optar por ele, nem pagar qualquer taxa adicional. Quando você se formaliza como microempreendedor individual, automaticamente tem acesso a esta plataforma.

Se quiser saber mais sobre como funciona o MEI, confira outros artigos do blog: https://blog.vhsys.com.br/?s=mei

Até mais!

Visualizar mais