[Planilha] Controle de Horas Trabalhadas e Horas Extras - Blog VHSYS

[Planilha] Como fazer o cálculo de horas extras e horas trabalhadas?

VHSYS

Fazer um controle correto das horas extras dos funcionários é uma tarefa muito importante no dia a dia dos empreendedores.

No Brasil, a maioria dos funcionários são contratados pelo regime CLT. Assim, a jornada máxima de trabalho permitida por lei é de 8 horas por dia, ou seja, 44 horas semanais.

Portanto, pode haver a necessidade dos funcionários precisarem permanecer na empresa por mais tempo.

Registrar o horário de entrada e saída de cada turno de trabalho é um procedimento necessário que facilita o controle de horas extras ou atrasos. Além disso, ao manter esse registro atualizado, o empresário terá em suas, mãos dados importantes que colaboram para uma análise do desempenho individual dos seus funcionários.

Entretanto, na prática, essa atividade é geralmente deixada de lado por muitos gestores, principalmente quando se trata das micro e pequenas empresas.

Neste artigo falaremos sobre a importância desse cálculo para seus negócios e preparamos uma Planilha de Controle de Horas Trabalhadas e Horas Extras, totalmente gratuita e de fácil entendimento. Confira!

Por que devo realizar um controle de horas na minha empresa?

Por meio do controle da jornada de trabalho dos funcionários, o empresário assegura vários direitos trabalhistas ao empregado, uma vez que, com estas informações, é possível garantir o cumprimento de obrigações como o pagamento das horas extras e do adicional noturno.

Outro benefício de se utilizar esse modelo é a possibilidade de visualizar, ao final do preenchimento da planilha, o valor do salário bruto do funcionário já com as horas extras aplicadas.

Veja agora os benefícios de utilizar uma planilha para controle de horas trabalhadas e horas extras na sua empresa:

VANTAGENS DE USAR UMA PLANILHA PARA CONTROLE DE HORAS EXTRAS - VHSYS

Como fazer o cálculo de hora extra?

Entende-se por hora extra todo tempo de trabalho exercido fora da escala usual.Caso haja a necessidade urgente da conclusão de um trabalho, o colaborador pode ser solicitado a trabalhar por um período maior do que normalmente cumpre. Esse excedente forma a hora extra.

É importante manter um rígido controle nesse departamento, isso porque erros e equívocos podem gerar descontentamento e margem para ações trabalhistas.

Para ajudá-lo, preparamos um passo a passo de como fazer o controle das horas desempenhadas por seus colaboradores.

Horas de trabalho usual

Sempre que se firma um contrato de trabalho, fica definido qual o regime e as horas a serem cumpridas pelo trabalhador. A CLT, Consolidação das Leis Trabalhistas, prevê o máximo de 220 horas mensais distribuídas nos dias úteis. Caso haja um feriado durante o mês, o dia entra na conta normalmente.

Cálculo da hora extra

Existem pesos diferentes para dias úteis e feriados, em relação a hora excedente de seu horário de trabalho.

Os valores definidos pela CLT correspondem a 50% de acréscimo sobre o valor da hora, em dias normais, quando se ultrapasse o horário de saída. 

Já para dias extraordinários, quando não é dia de trabalho do funcionário, e que, portanto, o deslocamento é necessário o percentual é de 100%.

Por exemplo, se a segunda-feira é meu dia de trabalho e o funcionário permanece duas horas a mais, depois do horário de saída, no pagamento do colaborador terá um acréscimo de 50% por hora. Já, se a segunda-feira não for dia de trabalho, ou for um feriado, e se necessário a presença do mesmo, há o acréscimo de 100% a cada hora.

Existem diferentes tipos de hora extra, entenda:

  • Normal Compensada
  • Feriado Interjornada (antes de 11 horas de descanso)
  • Intrajornada (durante a hora de descanso/almoço)
  • Noturna normal
  • Noturna compensada
  • Noturna feriado
  • DSR (Descanso Semanal Remunerado)
  • Noturna DSR

Valores: Acréscimo por hora extra (%)

  • Segunda à sexta: 50%
  • Sábado: 50%
  • Domingo: 100%
  • Feriado: 100%
  • Interjornada e intrajornada: 50%
  • Noturno e DSR: 50%
  • Periculosidade: 30%

Para calcular, siga o passo a passo:

Descubra o valor da hora trabalhada: Divida o salário recebido pela quantidade de horas trabalhadas.

Encontre o valor da hora extra em dias normais: Com o resultado da equação anterior, você terá um valor que corresponde a cada hora trabalhada em dias normais.

Verifique o valor da hora extra para feriados, sábados e domingos: Veja na tabela anterior quanto deve ser acrescido por hora extra cumprida.

Seguindo essas ações básicas, você garante o pagamento correto dos colaboradores e evita problemas trabalhistas.

Existe prazo máximo para a empresa pagar as horas extras aos funcionários?

Normalmente, deve-se pagar no mês seguinte ao serviço prestado, ou seja, o prazo máximo é de 30 dias. Exceto os casos de empresas que ajustaram junto ao sindicato da classe dos empregados o chamado, banco de horas extras. 

Mas fique atento, pois essa condição deve ser obrigatoriamente, negociada e aprovada junto ao sindicato.

Neste caso, as horas extras realizadas são armazenadas em uma conta que o empregado tem com o banco de horas extras e devem ser compensadas até 12 meses a partir da sua realização.

Há um limite máximo de horas extras?

Sim, o funcionário não pode ultrapassar duas horas por dia ou quatro horas semanais.

Portanto, muita atenção com o limite, para não ter problemas com a legislação trabalhista.

Planilha de controle de horas trabalhadas e horas extras – VHSYS

Agora que você já sabe como controlar as horas extras dos seus funcionários, não deixe de baixar gratuitamente a planilha para começar agora a fazer o controle na sua empresa.

Planilha controle horas trabalhadas e horas extras

Mas, fique atento! Caso o número de funcionários da sua empresa aumente, especialmente devido à expansão do negócio, será preciso ter mais controle sobre os processos e tarefas realizadas. A melhor solução nesses casos é contar com um sistema de gestão empresarial.

A VHSYS possui um software completo para facilitar a administração do seu negócio. Com ele é possível integrar os diversos setores da empresa, trazendo uma segurança e um controle maior sobre todas as atividades – como emissão de notas fiscais, fluxo de caixa, giro de estoque, serviços recorrentes e várias outras operações.

Experimente grátis o VHSYS e deixe o sistema te ajudar nessa jornada para o sucesso!

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

VHSYS
Sobre o autor
VHSYS
A VHSYS foi desenvolvido para que o empreendedor possa utilizar a tecnologia a serviço do seu negócio. Nosso objetivo é ajudar o micro e pequeno empresário a fazer a gestão eficiente de sua empresa, com maior produtividade e melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações