Fuja da falência: 4 dicas essenciais para evitá-la

Fernando

Fuja da falência: 4 dicas essenciais para evitá-la

O maior medo do microempreendedor é investir todo o seu tempo e dinheiro em sua própria empresa e, quando menos esperar, ser obrigado a declarar falência. Segundo o Boa Vista SCPC, serviços de proteção ao crédito, só esse ano, entre janeiro e outubro, os pedidos de falência cresceram em 13,7%, em relação a 2015. E de acordo com a pesquisa Demografia das Empresas 2014, divulgada pelo IBGE em setembro desse ano, de cada dez empresas seis não sobrevivem após cinco anos de atividade.

Embora a pesquisa não tenha se aprofundado nos motivos do fechamento dessas empresas, uma coisa que podemos notar é que muitas delas não tem um sistema de gestão eficiente e não sabem se estabilizar em um mercado cada vez mais competitivo.

Para evitar que sua empresa vá por água abaixo, não basta apenas ter espírito empreendedor e inovador sem ter conhecimento jurídico, financeiro e noções de gestão para manter-se ativo.

Organização e planejamento

Uma empresa sem planejamento é a receita certa para o seu fracasso. Disciplina, visão e o estabelecimento de metas a longo prazo dão uma perspectiva do que fazer e como fazer para a sua empresa se estabelecer e crescer no mercado. Além disso, para abrir uma empresa, estude todos os aspectos mercantis para seu negócio prosperar (público-alvo, fornecedores, concorrência, sua localização, entre outros aspectos).Conheça o VHSYS e facilite a gestão da sua empresa!

Outro fator essencial é o planejamento financeiro. Para se manter ativa, sua empresa precisa de um capital de giro satisfatório para garantir sua funcionalidade durante o período de desenvolvimento, bem como, o controle do fluxo de caixa, para equilibrar a entrada e saída de dinheiro da sua empresa.

Invista em marketing

Hoje em dia ficou muito mais fácil dar visibilidade ao seu negócio, com a ascensão das plataformas e mídias digitais. As redes sociais proporcionam a conectividade entre empresas e públicos como também passaram a disponibilizar ferramentas específicas para o comércio. Além disso, através das redes sociais você fica por dentro do que andam falando da sua empresa e passa ter uma noção real da sua posição no mercado.

Cuidados com funcionários e clientes

Se a sua microempresa tem funcionários, esteja atento aos seus direitos  e, como chefe, tenha em mente suas responsabilidades. Tenha tato para lidar com seus funcionários e evite possíveis processos trabalhistas. O mesmo vale para o atendimento, parte fundamental no sucesso de qualquer empresa. Tenha atenção com o cliente e seja claro ao informar as especificações do seu produto.

Gestão eficiente

Fuja da falência: 4 dicas essenciais para evitá-laSe você não domina as técnicas de gestão empresarial, não se desespere. Hoje existem inúmeras ferramentas de gestão para empresários que não possuem tal conhecimento, mas procuram estudar sobre o assunto a fim de ter mais controle do próprio negócio.

Nas plataformas digitais você encontra diversas ferramentas que cuidam dos mais diversos aspectos da sua empresa e permitem otimizar suas operações, além de aumentar os cuidados com seu empreendimento.

Se você está endividado, procure regularizar suas finanças respeitando a sua capacidade econômica, de forma que não desestabilize sua empresa. Não se deixe levar pelo desespero e o sentimento de derrota. Procure aprender com seus erros e refaça seus planejamentos para localizar falhas estruturais e aprimorar suas táticas empresariais para se manter ativo, competitivo e com um bom posicionamento no mercado.

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Fernando
Sobre o autor
Fernando
Formado em Marketing e Coordenador de Marketing de Conteúdo na VHSYS.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações