Como construir uma boa relação entre empregadores e colaboradores?

Rosana Moraes

Como construir uma boa relação entre empregadores e colaboradores

Manter relacionamentos saudáveis no ambiente de trabalho é um fator importante para a motivação e desempenho de cada funcionário. Essa dinâmica é ainda mais necessária quando consideramos o papel do gestor nessa situação. Diversos estereótipos foram criados sobre o convívio entre chefes e empregados, formando uma imagem negativa que persiste em empresas de diferentes segmentos.

Nem sempre as relações interpessoais no trabalho são harmoniosas: cada pessoa tem sua personalidade e conflitos são inevitáveis em um ambiente com certas expectativas e de convivência tão próxima. No entanto, mesmo com os desafios, cultivar um relacionamento respeitoso entre empregadores e colaboradores é fundamental.

Um líder pode influenciar seus funcionários a serem mais engajados e comprometidos com a empresa e seus valores. Dessa forma, eles irão contribuir com o melhor de suas habilidades, tornando a organização mais produtiva, e até serem embaixadores da marca. Isso reduz a taxa de rotatividade dos colaboradores, o que é extremamente positivo, pois evita-se custos de demissão e para encontrar e treinar um novo empregado.

Quando há um bom convívio entre as partes, cria-se um ambiente de respeito que incentiva a troca de ideias, o desenvolvimento de inovações e o crescimento pessoal, profissional e até da própria companhia. E nesse cenário todos saem ganhando: chefe, funcionário e empresa.

Entretanto como construir uma boa relação entre empregadores e colaboradores com as constantes demandas do dia a dia? Confira algumas dicas para fortalecer a confiança entre ambos e criar um ambiente de trabalho mais agradável:

Via de mão dupla

Como em qualquer relacionamento, todas as partes envolvidas são responsáveis pelo manutenção dos laços de confiança. Um convívio ruim entre os líderes e empregados não é só culpa de um ou de outro: ambos precisam ter atitudes honestas, respeitosas e comprometidas para que exista harmonia no ambiente de trabalho. Por isso, é necessário estabelecer um laço de cumplicidade entre eles, desenvolvendo uma mentalidade de agir em conjunto para alcançar o mesmo objetivo.

O líder não deve promover o sentimento de medo em sua equipe, mas sim o respeito mútuo. Agir com humildade, sabendo escutar e estar próximo dos seus empregados é uma forma de criar uma relação de confiança com eles. Já o funcionário deve obedecer às orientações do seu líder, ser responsável por suas atividades e usar seus conhecimentos e habilidades para fazer um trabalho eficiente.

Proximidade com cada liderado

Um relacionamento mais próximo entre gestor e colaborador é importante – não na obrigação de se tornarem melhores amigos, indo sempre juntos ao happy hour; sim no sentido de que o empregador conheça cada liderado seu. Saiba a fundo seus objetivos profissionais e pessoais, desafios enfrentados na função, seu grau de maturidade e autonomia, motivações, entre outros detalhes, além da dinâmica da equipe em si. Assim, o líder saberá extrair o melhor de cada um, como agir nos momentos difíceis ou de desmotivação e como o grupo influencia no comportamento do funcionário.

Defina regras claras

É importante que desde o início, até mesmo na entrevista de emprego, o funcionário conheça bem as exigências da função e o que será esperado dele, tanto no sentido de produtividade como de comportamento. Estabeleça normas claras e, se possível, deixe-as registradas em um manual – para eventuais consultas de todos e como prova. Assim, inclusive em casos mais graves de indisciplina, será mais fácil lidar com as adversidades, pois todas as partes terão conhecimento sobre as consequências de más condutas.

Também é necessário deixar explícito desde o primeiro momento a etiqueta social: exigir o respeito mútuo entre as hierarquias e entre os próprios colaboradores, para prevenir problemas futuramente.

Conheça o sistema de gestão empresaria VHSYS!

Promova feedbacks e outras formas de comunicação

Mantenha um canal de comunicação aberto para seus funcionários, incentivando a troca de ideias e um ambiente de colaboração. Crie um momento para conversar individualmente com seus empregados a respeito de seu desempenho pessoal – saber como está seu progresso nas atividades, seus desafios na função, questões sobre seu relacionamento com os outros funcionários (com sensatez, sem transformar o encontro em pausa para fofocar sobre os colegas).

Escute com mente aberta os comentários, possíveis sugestões ou indagações: é importante que o colaborador saiba que está sendo ouvido, mesmo que sua opinião não seja implementada depois.

Não use o momento de feedback para acusar, gritar ou condenar seu funcionário. Tenha uma postura de diálogo, contextualizando e exemplificando os casos nos quais se deve advertir o colaborador, sendo claro em seus comentários. Se há algo a ser melhorado na conduta do profissional, relate como ele pode modificar esse comportamento específico. Não faça comentários genéricos ou generalizados que possam ser levados para o lado pessoal.

Outro ponto importante é o momento no qual é feito o feedback. Não se pode ter uma boa conversa quando o dia está estressante e muitas demandas devem ser cumpridas. O gestor pode, mesmo intencionalmente, causar um mal-estar no funcionário por estar irritado naquela hora.

Uma opção para criar mais mecanismos de comunicação entre as partes é formular questionários, até para respostas anônimas, a fim de saber das opiniões gerais dos empregados, o que pode ser melhorado na empresa e esclarecer eventuais dúvidas e reclamações.

Valorize o funcionário

Para manter um colaborador na empresa, ele precisa estar motivado a continuar trabalhando nela. Um das formas de fazer isso é reconhecer suas qualidades e recompensar as boas atitudes. Um funcionário que se sente valorizado é um profissional comprometido com sua companhia, produtivo e disposto a ter um bom relacionamento com todos os demais empregados.

Crie formas de recompensar os bons resultados e comportamentos dos funcionários da sua empresa, seja monetariamente ou com pequenos prêmios. Além de incentivá-los a continuar com sua conduta, os outros podem se inspirar em seus exemplos .

Promova o espírito coletivo

Toda equipe funciona melhor quando há colaboração e respeito entre seus membros. Construa um ambiente que valorize o trabalho coletivo, a união e a parceria entre os empregados. Uma simples atitude para promover essa interação é fazer uma pequena festa para celebrar os aniversariantes de cada mês ou comemorar bons desempenhos coletivos. Isso possibilita momentos de descontração e valorização dos participantes.

Postura do empregador

É imprescindível que o gestor também seja exemplo de conduta para seus funcionários. Eles se sentirão injustiçados no caso de seguirem as normas da instituição e seu superior não se submeter às mesmas convenções. Isso desmotiva e afasta os colaboradores do emprego. O líder deve ser o primeiro a obedecer as regras da empresa e a ser um profissional eficiente.

Conclusão

Criar um ambiente de respeito, colaboração e cumplicidade pode fazer toda a diferença no futuro de um negócio. Funcionários desmotivados não produzem como deveriam ou com a qualidade esperada, não realizam um bom atendimento dos clientes e, com sua saída, ocasionam custos de demissão e com a contratação de novos empregados.

Por isso é tão importante que o gestor tenha consciência do seu papel nesse contexto. Além de liderar a equipe usando as boas práticas descritas neste artigo, procurar ferramentas que otimizem o trabalho dos funcionários também é uma forma de melhorar o desempenho deles.

Um sistema de gestão pode ajudar a facilitar diversos processos que envolvem administrar uma empresa – como financeiro, vendas, estoque, serviços, faturamento e estoque. O software da VHSYS foi desenvolvido para deixar o manejo das operações mais prático, ágil e eficiente. Assim, o tempo que seria gasto com planilhas físicas, cálculos e papelada pode ser investido no fortalecimento dos relacionamentos, motivação e treinamento dos colaboradores.

Além disso, o VHSYS possui uma loja de aplicativos com a ferramenta Funcionários – desenvolvida para melhorar a gestão dos dados de todos os empregados de uma empresa, permitindo anexo de documentos e fotos, e organizando as informações para facilitar a consulta dos empregadores e do setor de Recursos Humanos.

Faça uma experiência com o sistema VHSYS e tenha uma gestão empresarial mais eficiente.

Fique por dentro das ultimas novidades no ambiente empresarial

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Rosana Moraes
Sobre o autor
Rosana Moraes
Assistente de Marketing de Conteúdo na VHSYS. Formada em Jornalismo pela PUCPR, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Positivo.