Como acelerar o crescimento de uma empresa

Autor Convidado

Empreendedores iniciantes podem ter a impressão de que tirar um projeto do papel é uma das fases mais difíceis na criação de uma empresa. Certamente é uma etapa muito importante, já que sem o primeiro passo não existiria o negócio.

Entretanto, o maior desafio de uma empresa é encontrar o ritmo certo para crescer rapidamente e de forma sustentável.

A questão é que não existem fórmulas milagrosas que funcionam em todas as circunstâncias. Cada empresa é diferente e requer soluções personalizadas.

Por outro lado, existem algumas atitudes que todo mundo deveria adotar no dia a dia. Veja 5 dicas para acelerar o crescimento da sua empresa, encontrar o ponto de virada e subir de patamar.

Gestão Financeira

Parece óbvio, mas nem todo empreendedor faz. Este é o passo número um para quem não quer ser pego no vermelho de surpresa.

Evite o sufoco e acompanhe frequentemente o controle financeiro da sua empresa, especialmente se você lida com varejo ou possui um fluxo de caixa intenso. Se possível, faça esse acompanhamento diariamente.

Dessa forma, você vai identificar problemas e antecipar soluções. Além disso, você vai identificar tendências de consumo que podem ajudar a acertar o nível de estoque ou elaborar campanhas de marketing bem sucedidas.

Estude e acompanhe tendências

É verdade que algumas pessoas nascem com talento especial para os negócios, mas isso não significa que não precisam aprimorar os seus conhecimentos. Todo empreendedor deveria estudar o seu mercado.

A boa notícia é que você não precisa parar tudo, gastar muito dinheiro ou fazer um MBA no exterior para estudar o seu nicho. Hoje em dia, você tem muita informação ao seu alcance graças à internet.

O melhor é que todo esse conteúdo é atualizado constantemente e com isso você pode acompanhar tendências de mercado quase que em tempo real. Portanto, aproveite essa ferramenta e explore todo o seu potencial.

Faça cursos online (muitos deles são gratuitos), leia blogs especializados, sites de notícias, assista webinars, participe de fóruns e seja ativo nas redes sociais.

Também é importante que você explore os canais offline, pois através deles você vai criar uma rede de contatos sólida. Para isso, participe de feiras, palestras ou outros tipos de eventos que te coloquem em contato com clientes, fornecedores ou empresas que estão enfrentando situações similares.

Mergulhe nessas fontes de informação, veja o que outras empresas estão fazendo e entenda as necessidades dos seus clientes. Reflita, selecione o que faz sentido para o seu negócio e teste. Não seja resistente à mudanças, pois elas virão de qualquer forma.

Invista

Crescer para investir ou investir para crescer? Essa é uma das questões que mais gera dúvidas e divergências entre empreendedores. Uma coisa é certa, em algum momento, toda empresa precisa investir para se desenvolver.

Os mais conservadores preferem esperar momentos de estabilidade para injetar recursos em certas áreas. Já os mais arrojados não esperam alcançar o cenário ideal, pois acreditam que isso nunca vai acontecer.

Para as duas situações é possível encontrar casos de sucesso e fracasso. Assim sendo, não existe uma resposta certa que se aplica a todas as empresas. Os resultados dependem de um bom planejamento estratégico elaborado com base em muitas variáveis.

Uma delas é se a empresa vai investir com recursos próprios ou de terceiros.

Hoje em dia, é possível captar capital com condições vantajosas. Existem instituições especializadas em produtos financeiros para todo tipo de empresa; pequenas, médias e grandes. Também há alguns específicos por setor.

> Conheça o Guia dos Empréstimos para Empresas

Fidelize os seus clientes

Valorize os clientes que confiaram no seu produto e mantenha um bom relacionamento com eles para que retornem ou virem embaixadores da sua marca.

Mantenha-os atualizados com as novidades e promoções através de e-mails, mensagens e postagens em redes sociais.

Só não seja muito invasivo. Tente encontrar a frequência ideal para abordar os seus clientes. Afinal, ninguém gosta de ser bombardeado com propagandas. Aliás, isso nos leva a dois pontos muito importantes; mensagem e tom de voz.

Entre em contato quando tem algo valioso a oferecer. Pode ser um conteúdo que explique como usar o produto que adquiriu, uma informação que pode convencê-lo a comprar algo que deixou pra trás ou algum dado relevante que fale sobre o seu processo de produção.

Na comunicação, adote um tom de voz que tenha personalidade, seja próximo e amigável. Ao mesmo tempo, deve ser adequado com o perfil do seu cliente.

Por fim, não esqueça que quando você envia uma mensagem está sujeito a receber uma resposta, positiva ou negativa. Portanto, esteja preparado para interagir em qualquer uma das situações. Não deixe de retornar o mais rápido possível.

Treine o seu time de vendas

Não tem como acelerar o crescimento de uma empresa sem aumentar o faturamento. Como fazer isso? Montando um time implacável de vendas.

Você pode investir muito dinheiro em anúncios que atraiam clientes, mas para fechar o negócio eles vão ter contato com os seus vendedores. Se a abordagem não for correta, o ciclo de encantamento se rompe e a venda não é concretizada.

Sendo assim, dedique tempo fazendo uma boa gestão de pessoas que inclua feedbacks constantes e construtivos. Oriente os vendedores explicando sobre a marca, os produtos e sobre o perfil de clientes. Também invista na capacitação do seu time oferecendo cursos, workshops e palestras.

O que você achou das dicas?

Caso tenha dúvidas ou queria compartilhar experiências, comente aqui embaixo!


Este texto foi produzido pela Finpass, a plataforma digital para empréstimos empresariais.

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Autor Convidado
Sobre o autor
Autor Convidado
Esse post foi escrito por um de nossos parceiros.
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações