Fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial
Economia

BNDES lança programa para agilizar crédito à micro e pequenas empresas

BNDES crédito micro e pequenas empresas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou nesta semana (23/08/2017) um programa de acesso à crédito para capital de giro voltado às micro, pequenas e médias empresas. Por meio da plataforma online BNDES Giro, o processo de análise e concessão de financiamento poderá ser mais rápido e prático, pois a liberação será feita pela internet e haverá integração entre a base de dados do órgão governamental e dos agentes financeiros.

No programa, o empreendedor poderá requerer financiamentos direto na plataforma, recebendo uma resposta instantânea sobre a autorização ou não do financiamento, e o crédito pode ser depositado em 24 horas após a aprovação do pedido.

Os recursos são destinados ao capital de giro de forma isolada, ou seja, não associado ao financiamento de itens ou projetos. As condições de pagamento variam de acordo com o porte do negócio e se a operação será feita diretamente com o BNDES ou por meio de um agente financeiro.

O valor máximo que pode ser requerido é de R$ 70 milhões, por empresa ou grupo econômico e em um período de 12 meses, ou 20% da receita operacional bruta anual do último exercício fiscal (se este for menor do que a quantia anterior). O prazo é de 5 anos, com carência de 3 a 24 meses (em financiamentos realizados por meio de agentes financeiros e sem passar pela avaliação prévia do BNDES) e de 1 a 24 meses nas outras modalidades.

Para requerer o financiamento, a empresa deve ser sediada no Brasil e se enquadrar nas seguintes categorias: individual de responsabilidade limitada; empresário individual com CNPJ regularmente inscrito ou cooperativa.

Condições e taxa de juros do BNDES Giro

No caso das micro e pequenas empresas, existem duas modalidades. Optando pelo apoio indireto (financiamento feito por meio de uma instituição financeira credenciada pelo BNDES), é aplicada a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) de 7% ao ano, a taxa do órgão governamental de 1,5% ao ano, e mais uma taxa, a ser negociada com o agente financeiro que irá realizar a operação. Se o empreendedor escolher efetuar o crédito diretamente com o órgão público, será cobrada 7% da TJLP, mais a taxa do banco, que varia entre 2,1% a 6,56% ao ano.

O prazo para aderir ao projeto é 29 de dezembro de 2017, considerando a data de protocolo da operação pelo agente financeiro no sistema do órgão governamental. Para saber como realizar a inscrição no programa, basta acessar o site do BNDES Giro.

Conheça o sistema de gestão empresaria VHSYS!

BNDES e micro e pequenas empresas

O BNDES possui um canal online focado nos micro, pequenos e médios negócios, no qual disponibiliza informações sobre as linhas de crédito oferecidas pelo órgão. No Canal do Desenvolvedor MPME, os empreendedores podem se cadastrar, simular financiamentos e saber quais agentes financeiros têm interesse em intermediar sua operação. O acesso é realizado pelo site do BNDES.

Outras modalidades de financiamento

Os empreendedores podem recorrer a outras opções de crédito, além do modelo intermediado pelo BNDES. Pode-se procurar diretamente as instituições financeiras para conferir suas diferentes linhas ou então recorrer a modalidades alternativas, como peer-to-peer lending e financiamento coletivo. A recomendação é sempre pesquisar detalhadamente suas possibilidades – os prazos, juros cobrados e condições especiais – e verificar qual delas mais se adapta à sua realidade.

Cuide do financeiro da sua micro e pequena empresa

Antes de efetuar um financiamento, analise bem a situação financeira do seu negócio. É imprescindível saber como anda a saúde desta área em primeiro lugar, para então definir qual o valor do crédito que irá suprir suas necessidades e onde esta quantia será investida.

Por isso é importante ter um acompanhamento constante deste setor e manter os registros financeiros bem organizados. Essa tarefa pode ser complicada se a empresa ainda utiliza planilhas e documentos manuais, pois isso dificulta seu manuseio e o controle dos dados. Com um sistema de gestão, é possível verificar todas as informações em uma plataforma online, facilitando seu acesso, e cadastrar os dados com maior praticidade e agilidade.

O sistema VHSYS é uma solução completa para a administração de um negócio, especialmente de micro e pequeno porte. O software traz módulos específicos para cada área – vendas e faturamento, estoque, serviços, compras e financeiro -, otimizando cada processo dos setores da sua empresa.

O módulo financeiro oferece operações como fluxo de caixa – que pode ser acompanhado com relatórios de desempenho diário, semanal e mensal -, contas a pagar e receber, conciliação bancária em arquivo OFX, emissão de boleto bancário, custos fixos mensais, contas bancárias e emissão de recibos. Tudo feito com apenas alguns cliques. Assim, você terá maior controle sobre a saúde financeira do seu negócio, fazendo um monitoramento mais preciso com os vários relatórios que o sistema disponibiliza.

Cuide do financeiro da sua empresa e faça um teste gratuito com o VHSYS.

Rosana Moraes
Sobre o autor
Rosana Moraes
Assistente de Marketing de Conteúdo na VHSYS. Formada em Jornalismo pela PUCPR, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Positivo.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais