Controladoria e Análise de VPE: o que são e como executar em sua empresa

Autor Convidado

Uma empresa depende de processos transparentes, redução de excessos e principalmente decisões assertivas. Mas, o empreendedor pode se perguntar: como acertar em todos esses quesitos?

A resposta é: apostar em uma boa controladoria. Atualmente, essa palavra circula em muitas empresas, pois pode ser a estratégia certa para que o negócio se desenvolva com eficiência.

Além disso, é uma área que também ajuda as empresas a ganharem dinheiro. Mas, como?

A controladoria é fundamental para que negócios de vários tamanhos alcancem sucesso. E, existem diversas ferramentas que o controller pode fazer uso para obter todas as informações estratégicas que a empresa precisa para crescer.

Uma delas, é a Análise de VPE ou Análise de Volume, Preço e Escopo. Essa é uma das ferramentas que todo profissional de controladoria precisa dominar.

Neste artigo, o especialista financeiro da VHSYS, Helton Bezerra, vai te ajudar a entender o que é a controladoria, VPE e como fazer a análise com exemplos práticos. Acompanhe!

O que é controladoria?

A controladoria é tanto um segmento da administração quanto da contabilidade e pode ser dividida entre essas duas áreas. Normalmente, ela fica responsável por um só gestor, que é chamado de controller.

Toda a sua metodologia é baseada no processo de controle. Ou seja, ela se desenvolve no dia a dia da empresa, por meio dos padrões de qualidade e a partir do planejamento orçamentário do negócio.

A controladoria também é responsável por cuidar do custo integrado à contabilidade e formação de preço. Além disso, contribui com o controle de custos e despesas, orçamento, soluções financeiras e até captação de recursos.

Ao implantar uma controladoria, a empresa pode ter alguns benefícios como:

  • maior controle do planejamento orçamentário;
  • melhora nas estratégias comerciais;
  • redução de custos;
  • tomada de decisões mais assertivas;
  • maior controle do mercado externo e análise de impacto;
  • melhora na competitividade no mercado que a empresa atua;
  • constante atualização dos setores da empresa.

Caso queira implementar uma controladoria, é preciso estar ciente que essa pode ser uma mudança cultural muito grande em relação a gestão.

Para que tenha sucesso com essa tomada de decisão, é necessário que todos na empresa se adaptem às mudanças.

O que é VPE?

A VPE, é raramente encontrada em literaturas nacionais. Mas, é bastante utilizada em muitas empresas, para a melhor tomada de decisão com maior embasamento em fatos e dados.

A Análise de Volume, Preço e Escopo (VPE), é responsável por analisar se o que foi planejado no budget, foi realizado. Além disso, identifica os desvios de volume (quantidade planejada), preço (preço do plano de vendas) e escopo (abrangência do plano de vendas).

Ela serve para definir com base no realizado, qual estratégia a empresa deve adotar para vender mais ou menos (volume), com uma determinada precificação (política de descontos ou reajustes). E, até antecipar verticais ou linhas de produtos ou serviços.

Para implantar a Análise de VPE, é fundamental ter um planejamento financeiro baseado em premissas ou linhas mensuráveis. Isso vale tanto para receitas, quanto para despesas, custos ou aquisição de ativo.

Como aplicar a Análise de VPE?

A melhor forma de explicar como aplicar a Análise de VPE, é exemplificando cada etapa. Confira abaixo:

A empresa XPTO, vendeu alguns produtos/serviços, que tem modelos ou classes diferentes, em 2017. Ela fez um plano para vender esses produtos ou serviços, projetando um determinado preço e volume, para assim, projetar a receita do ano de 2018. Confira no quadro abaixo:

análise de vpe

O ano de 2018 passou, e a empresa vendeu, inovou, deu descontos e muito mais.

Agora, precisa preparar seu plano para 2019. Mas, como saber onde alocar recursos? Como definir a estratégia para o próximo ano? Onde acertamos ou erramos?

É aí que entra a análise de VPE, que deve ser uma atribuição fundamental da controladoria.

Reunindo todos os dados do ano de 2018, temos o cenário abaixo:

análise de vpe

Como analisar todas essas informações?

Calma! Vamos te ajudar desde o começo:

Calculando o impacto de volume: Encontre a variação entre o volume projetado para cada produto ou serviço, em relação ao realizado e multiplique pelo preço projetado. Você deverá encontrar os dados abaixo:

análise de volume

Aqui, já dá para perceber que a empresa vendeu ou comprou menos do que havia projetado.

Calculando o impacto de preço: Encontre a variação entre o preço projetado para cada produto ou serviço, em relação ao realizado e multiplique pelo volume realizado. Você deverá encontrar os dados abaixo:

análise de preço

Aqui, você pode perceber que a empresa vendeu/comprou por preços acima do projetado.

Calculando o impacto de escopo: É a variação dos itens que não foram contemplados na projeção, mas foram realizados. Confira abaixo:

análise de escopo

O produto ou serviço K40 e K180, geraram um ganho (caso a empresa esteja vendendo o produto) ou perda (caso tenha precisado comprar).

Conclusões da análise

Com essa análise, pode-se chegar a diversas conclusões ou perguntas que levam a tomadas de decisão ou revisão do plano da empresa. Como por exemplo:

análise de vpe

Além de dar uma visão bastante executiva sobre o resultado do exercício da empresa:

análise de vpe

Pense que a empresa XPTO está vendendo esses produtos ou serviços.

Ela deve investir mais força no XA, YB, WW, pois foram rentáveis na combinação de preço e volume.

Assim como, entender o poder de lançar um novo produto ou serviço, como K40 e K180 (aqui vale analisar a DRE e/ou Business Case por produto).

Outra análise possível é: até quanto o produto ou serviço WW pode ter o preço aumentado, pois tem efeito positivo tanto para volume, quanto para preço.

Viu só? Conhecendo o mercado, o comportamento do seu projetado contra o realizado, você consegue visualizar diversas oportunidades para seu negócio. Além disso, pode até revolucionar seu nicho de mercado.


Helton Bezerra é Especialista Financeiro na VHSYS. É formado em Administração de Empresas e Negócios e possui anos de experiência no setor financeiro. Atuou em grandes empresas como Telefônica, GVT e Grupo Boticário.

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Autor Convidado
Sobre o autor
Autor Convidado
Esse post foi escrito por um de nossos parceiros.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações