5 dicas para não errar na hora de escolher o nome da empresa.

Jorge

5 dicas para não errar na hora de escolher o nome da empresa.

Ter uma ótima ideia de negócio, saber qual área do mercado vai atuar e definir qual será o  público alvo, são algumas das premissas que todo empreendedor deve saber antes de abrir o seu próprio negócio. Entretanto, um ponto muito complexo que também deve ser levado em consideração é a escolha do nome da empresa.

Atualmente, existem um pouco mais de 18 milhões de empresas no Brasil, ou seja, é bem provável que uma das opções de nome que você pensou já esteja sendo utilizado por outra empresa. Por isso, é importante que o empreendedor desenvolva um planejamento bem detalhado com inúmeras opções de nomes e, o mais importante, não deixar para a última hora!

Pensando nisso, listamos abaixo 5 dicas para estimular a sua criatividade e assim, definir o nome perfeito para o seu negócio.

1 – Posicionamento da marca

Um equivoco muito comum cometido por vários empresários é utilizar as iniciais dos nomes dos sócios ou até mesmo escolher uma palavra aleatória que para ele faça algum sentido, mas que no contexto da empresa foge totalmente do ramo de atuação. Já imaginou colocar o nome de uma funerária de “Funerária Alegria”? Soaria um pouco estranho, não é mesmo?

Todo o empresário deve compreender que o nome da empresa tem que estar intimamente ligada à seu ramo de atuação e, principalmente, ao posicionamento da marca no mercado. Nomes curtos, fáceis de memorizar e de se pronunciar, são sempre as melhores opções, por que podem ser escritas em qualquer lugar e ainda facilitam na hora de aplicar no logotipo.

Aumente a produtividade da sua empresa com o sistema de gestão do VHSYS

2 – Evite associações improprias

Um cuidado muito importante que todos os empresários devem estar atentos são os nomes que possam ter uma conotação negativa. Além de não ser uma atrativo para o consumidor conhecer sua empresa, está decisão poderá impactar diretamente na imagem da sua empresa.

Uma das gafes de maiores repercussão cometida nesse sentindo foi a de uma empresa asiática, que teve a infelicidade de adotar a sigla KKK – por uma coincidência negativa, a mesma sigla da Ku Klux Klan, seita racista dos Estados Unidos, mundialmente famosa. Nesse contexto, sempre é importante verificar se o nome escolhido tem significados impróprios em outros idiomas. Por isso, é muito importante que o empresário adote sempre uma postura de cautela na hora da escolha, minimizando a possibilidade de grandes erros.

3 – Solte a imaginação

Solte a imaginação

Na hora da criação é sempre importante que o empreendedor não fique preso ao modismo e aos clichês que indicam “modernidade”. Um exemplo clássico disso ocorreu no final dos anos 90, com o inicio da chamada “era digital” muitas empresas inseriram no meio dos seus nomes siglas como “tel”, “digi” e até mesmo “@”, com o intuito de criar uma identidade moderna, atualmente com o desenvolvimento da informação cada vez mais rápida, seguir essa esse tipo de método para escolha do nome do seu negócio pode ser um tiro no pé, lembre-se: com a maior velocidade das informações, o que soa moderno hoje, amanhã pode ficar datado.

Pense fora da caixa e solte a imaginação! Quem imaginou, além dos criadores, é claro, que nomes como Google e Flickr pudessem se tornar grande sucesso e de fácil lembrança? É importante atentar-se que cada negócio merece uma identidade única e seu nome deve ser tratado como um cartão de visitas de uma empresa, por que ele vai estar em lugares que até mesmo o logotipo não estará, como em conversas informais.

4 – Faça um brainstorming

Brainstorming é uma técnica muito conhecida pelos que trabalham na área da comunicação ou design gráfico. Seu objetivo é estimular a criatividade de seus participantes de forma espontânea, proporcionando um grande número de ideais no decorrer da reunião.

Adaptando essa ideia para escolher o nome da empresa, o empreendedor deve seguir umas regras básicas, como por exemplo: é proibido debates e críticas às ideias apresentadas, o objetivo é que todos cheguem a uma ideia brilhante juntos, explorando a capacidade criativa das pessoas e de quebra se deparar com o nome perfeito!

5 – Pesquise os nomes de seus concorrentes

A análise de concorrentes já começa antes mesmo de iniciar o seu negócio! Saber que tipo de nomes seus concorrentes utilizam, e qual é a interação que o publico tem com eles também é uma dica essencial no processo de seleção de nomes para o seu negócio.

Faça uma lista e compare-os com alguns dos nomes já pré-determinados que você escolheu e em seguida analise, em qual aspecto meu nome se destaca dos demais? Como o mercado poderá acolher o nome escolhido? Essas são algumas perguntas importantes, que devem ser respondidas antes da definição do nome.

Esperamos que essas dicas lhe ajudem a pensar melhor no nome que dará à sua empresa! Comente conosco, qual foi o nome escolhido!

Até a próxima 🙂

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Jorge
Sobre o autor
Jorge
Analista de SEO na VHSYS. Formado em Marketing pelo UNICURITIBA e pós-graduado em Gestão de Negócios pela UFPR.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações