Conecte-se ao conhecimento

Como divulgar minha empresa no Google

Existem vários formatos de divulgação de uma empresa no Google. Se você precisa divulgar as informações comerciais, o Google Meu Negócio, ou Google My Business, é a ferramenta ideal para isso.

É por meio dessa ferramenta que você registra todas suas informações comerciais no Google, cria um site para a sua empresa, coloca o endereço do seu negócio no Google Maps e muito mais.

Além disso, a divulgação dessas informações são imprescindíveis para quem preza por uma boa visibilidade no mercado, além da consolidação da marca.

Nesse post, você vai aprender mais sobre como divulgar sua empresa no online e garantir a melhor posição para o seu negócio no meio virtual.

Confira abaixo os tópicos:

Marketing Online

Por que divulgar sua empresa no online?

5 dicas para aparecer na primeira página do Google

4 principais canais de venda

O que é Google My Business (Meu Negócio)

Vantagens de usar o Google Meu Negócio

Criar site no Google Meu Negócio

Como colocar sua empresa no Google Maps

Como adicionar foto da minha empresa no Google Maps?

Marketing Online

Nessa era digital em que vivemos, quando o assunto é divulgação, a primeira coisa que pensamos é na internet. Criar campanhas, ofertar produtos e serviços nas principais plataformas de vendas, redes sociais e tudo mais.

O Marketing Online, ou Marketing Digital, é a forma de resumir todos os esforços do marketing no ambiente online. Ou seja, é o meio mais fácil de alcançar potenciais cliente em único ambiente.

Ao usar os canais digitais como blog, redes sociais, site, mídias sociais, e-mail e entre outros, as empresas oferecem soluções para as principais dores e desejos dos seus clientes e potenciais clientes. 

Mas antes de apostar nessa configuração de Marketing, é importante que alguns conceitos principais estejam claros: funil de vendas, persona, lead, CRM, landing page, cta, seo e fluxo de nutrição.

Conheça a definição de cada um deles abaixo:

Funil de vendas

Conhecido também como Jornada do Consumidor, é a caminhada do cliente até a decisão de compra do produto. 

No primeiro momento o consumidor não sabe que tem um problema. Então, ele ainda está despertando interesse em determinado assunto. Após se aprofundar no assunto, ele já começa a perceber algum problema ou oportunidade. 

Nessa hora, o empreendedor começa a gerar a necessidade no consumidor. 

Em um terceiro momento, o comprador mapeia todas a soluções possíveis para o seu problema. Nessa parte, a empresa procura criar um senso de urgência para que ele avance no processo.

Por fim, já conhecendo todas as opções e convencido da melhor, ele efetiva a compra do serviço ou produto.

Persona

De uma maneira mais simplificada, a Persona nada mais é que o público ideal para a sua empresa. 

Por exemplo, imagine que você tenha uma loja que comercializa sapatos sociais. O público ideal para sua loja são homens e mulheres de uma determinada classe social, que possuem certo estilo de vida e preferências específicas.

Esse mapeamento ajuda para a criação de ações mais segmentadas e direcionadas para as pessoas certas.

Lead

Os leads são as melhores oportunidades de clientes para o seu negócio e que você possui o contato, podendo enviar promoções, oferecer materiais e muito mais.

Funciona assim: as pessoas que têm interesse em determinado produto e serviço deixam suas informações-chave, tornando-se um lead para aquele negócio.

Assim, é possível nutrir esse público com informações relevantes até que ele se sinta pronto para seguir com a ação de compra.

CRM

Para a nutrição dos leads explicado acima, a principal ferramenta utilizada é o CRM. Ela faz a gestão efetiva do relacionamento entre a empresa e potenciais e atuais clientes.

Com essa ferramenta é possível fazer o cadastro dos clientes, registro das informações, as preferências e últimos contatos realizados com a sua empresa e muito mais.

Landing Page

As famosas Landing Pages têm como objetivo capturar os Leads a partir da oferta de conteúdos e materiais relevantes para os consumidores. Assim, os usuários deixam suas informações de contato, tornando-se leads.

CTA

Os CTAs, ou Calls-To-Action, são chamadas ou botões que direcionam os usuários para cumprir uma ação ao visitar uma página. Isso serve para que continue o fluxo do funil de vendas, para que os usuários cheguem na decisão de compra já preparados.

SEO

O SEO é o trabalho com as palavras-chave para que o seu conteúdo apareça com mais facilidade para as pessoas que fazem uma busca específica.

Quanto mais você inclui determina palavra-chave no seu conteúdo, maior é a possibilidade das pessoas encontrarem o seu conteúdo nas primeiras opções de link do Google quando realizarem uma busca.

Dessa forma, é sempre importante saber o que as pessoa buscam no seu segmento para trabalhar em ações específicas e, assim, aumentar suas vendas.

Fluxo de nutrição

O fluxo de nutrição é o processo que faz com que o visitante caminhe pelo funil de vendas. Uma ação realizada pelo usuário funciona como uma espécie de gatilho para um fluxo de relacionamento que, geralmente, acontece por e-mail.

Por que divulgar sua empresa no online?

“Pequenas e médias empresas prejudicam a atração de clientes por falta da utilização da internet para a divulgação do seu negócio”. 

Isso quem afirma é o Rodrigo Rodrigues, diretor de customer solutions da Google para a América Latina.

Mesmo com o aumento constante no número de pessoas que buscam informações comerciais na internet, grande parte das micro e pequenas empresas não utilizam o ambiente virtual para suas divulgações.

Com isso, o leque de oportunidades de negócio diminui de uma forma bem significativa para essas empresas, diminuindo também a chance de expansão do negócio e visibilidade da marca.

Por isso, os empreendedores que prezam pela continuidade do seu negócio deve sempre pensar em diferentes meios de divulgação, e, acima de tudo considerar o meio digital para isso.

5 dicas para aparecer na primeira página do Google

Os mecanismos de busca do Google estão cada vez mais avançados e fazer com que as informações da empresa apareçam na primeira página do Google, é preciso fazer muito esforço.

Separamos as dicas abaixo que podem te ajudar e muito na divulgação efetiva do seu negócio. Confira:

1 – Produção de conteúdos relevantes

A produção de conteúdos relevantes está muito relacionado com a persona. Quando você define a sua persona fica muito mais fácil saber quais conteúdos podem ser úteis e, assim, fazendo ela ir para o seu site, blog etc.

O seu conteúdo aparecerá para seu potencial cliente quando o ele fizer uma busca pelo respectivo assunto usando palavras-chave.

Então, o ideal é que os temas estejam alinhados com a pesquisa, proporcionando ao usuário a melhor experiência.

Então, quanto maior a relevância do tema e a qualidade do seu conteúdo, mais fácil ele será encontrado pelo seu público, ajudando com que ele apareça na primeira página do Google.

2 – Invista em SEO 

Como bem explicamos, o SEO é o principal responsável pelo potencial de ranqueamento das páginas no buscador. 

Um bom conteúdo atrelado à otimização dos mecanismos de busca é a receita ideal para aparecer na primeira página de pesquisa do Google.

Ou seja, a inclusão das principais palavras-chave no conteúdo são extremamente importantes para ranquear o conteúdo.

Além disso, o investimento em SEO vai te permitir ter um site bem posicionado nos buscadores e, automaticamente, aumentar sua visibilidade na web.

3 – Links patrocinados

Quem nunca fez uma pesquisa no Google e acabou clicando nos primeiros resultados, mas de deparou com um anúncio? Os primeiros resultados das buscas são destinados à eles, também conhecidos como links patrocinados.

Para que você entenda melhor como funciona o link patrocinado, dizemos que ele é funciona da mesma forma que os anúncios de jornal impresso. Só que na internet, esses anúncios passam por um leilão, definindo o seu posicionamento.

Dentro desse procedimento é levado em consideração fatores como valor, qualidade do site em questão, bem como a relevância do conteúdo. Ou seja, o valor pago não é o decisor para o destaque no buscador.

E, novamente, voltamos na importância de trabalhar com o marketing de conteúdo e uma produção relevante para garantir os melhores resultados.

4 – Otimize a descrição para busca

Quando você faz uma pesquisa no Google, antes de clicar em algum link você consegue ter acesso a um resumo, logo abaixo do link, sobre o que a página aborda. Essa descrição do conteúdo também é conhecida como meta description.

Essa descrição é uma das primeiras coisas que o Google lê. Então, é válido escrever um conteúdo atrativo e incluir as principais palavras-chave sobre o assunto, buscando a indexação do conteúdo no mecanismo de busca.

5 – URL otimizada

A otimização não está somente no conteúdo produzido. Tão importante quanto é otimizar a URL utilizada.

A URL ideal resume o conteúdo abordado com poucas e as principais palavras sobre o assunto abordado. Assim, as chances desse conteúdo aparecer na primeira página do Google aumenta significativamente. 

Além dos resultados do Google, é importante considerar também os principais canais de venda para uma divulgação ainda melhor do seus produtos e serviços. Confira abaixo os 4 principais:

4 principais canais de venda

O canal de venda é mais uma opção que as empresas têm de comercializar seus produtos e serviços, tanto online quanto offline. 

Com a divulgação nesses canais você consegue ter acesso a um público que ainda não é seu cliente, mas que possuem intenção de compra.

Além disso, esses canais servem como publicidade para maior visibilidade da marca, mesmo que o usuário não esteja no estágio para a compra.

Marketplace

O marketplace é um dos principais canais de venda e o ideal para pequenas empresas. Isso porque a divulgação em grandes marketplaces pode melhorar a credibilidade do negócio.

Uma das vantagens de se comercializar em marketplaces é a facilidade nas questões de pagamento. Todo e qualquer procedimento que envolve pagamento é de responsabilidade do site. 

Diferentemente sobre garantia e entrega do produto ou serviço, que é de total responsabilidade da empresa anunciante.

Redes Sociais

Hoje em dia, redes sociais como o Facebook e o Instagram já oferecem opções para venda de produtos e serviços.

No Facebook, além da página própria que a empresa pode criar para divulgar o que comercializa, há também a opção de marketplace, que atinge possíveis compradores que estão na região onde sua empresa se encontra.

Já o Instagram oferece a opção de mostrar valores de cada produto nas próprias fotos (quando a empresa possui uma página corporativa).

Com apenas um clique, o comprador é direcionado para a página de compra e pode adquirir o produto que desejar.

E-commerce

O foco do E-commerce são as empresas que buscam, além de vender pela internet, organizar sua loja virtual.

Nesse formato, o site fica sob total responsabilidade da marca que comercializa os produtos ou serviços, deixando o site mais com a cara da empresa. É um pouco mais complicado escalar o negócio nessa configuração.

Por isso, é importante traçar uma boa estratégia para as operações do comércio eletrônico, pensando no melhor desempenho possível. 

Google Adwords

O famoso Google Adwords é a plataforma de anúncios do Google. Com esse serviço o usuário pode fazer anúncios que são exibidos em forma de links patrocinados quando alguém faz alguma busca. 

Esses anúncios são exibidos principalmente nos resultados de pesquisas relacionados às palavras-chave usadas.

Ebook de vendas - como conquistar novos clientes e vender mais

O que é Google My Business (Meu Negócio)

google-my-business-vhsys

Acredito que você já recorreu ao Google para saber o número de telefone daquela loja do shopping, ou então saber o horário de funcionamento no feriado. A ferramenta responsável pelo registro dessas informações é o Google My Business, ou Google Meu Negócio.

Ela é uma ferramenta gratuita e prática que possibilita empresas e organizações a gerenciarem suas informações comerciais no Google, tanto na página do Google quanto na busca do Google e, também, no Google Maps.

Além disso, com ela é possível extrair estatísticas para monitorar diferentes comportamentos como visibilidade, audiência e publicações.

Assim, você pode focar nas suas estratégias de venda, pensando na melhora da visibilidade da sua empresa nos sites de buscas e também na web como um todo.

Vantagens de usar o Google Meu Negócio

Há uma série de benefícios e vantagens ao usar o Google My Business. Abaixo nós separamos as principais e detalhamos cada um delas, veja:

Gerenciar suas informações

Você pode gerenciar as informações do seu negócio no Google, assim as pessoas podem visualizar no momento da pesquisa.

Coloque as principais informações que os clientes gostariam de saber ao pesquisar sua empresa como endereço, horário de funcionamento, contato, site etc.

Relacionamento com os clientes

Outra vantagem de se utilizar o Google Meu Negócio é a aproximação com os seus clientes. Fique atento aos comentários que estão fazendo sobre o seu negócio, responda, poste fotos para divulgar o que você faz e muito mais.

De acordo com o Google, empresas que adicionam fotos às fichas recebem 42% mais solicitações de rotas de carro no Google Maps e 35% mais cliques para acessar seus websites do que as demais empresas.

Ampliar a presença no online

Ao divulgar sua empresa na internet, você alcança um número maior de pessoas, fazendo com que a visibilidade do seu negócio cresça ainda mais.

Além disso, você consegue acompanhar o desempenho das pesquisas realizadas sobre a sua empresa, ajudando nas sua estratégias de vendas.

Criar site no Google Meu Negócio

De uma forma bem simples e prática você consegue criar o seu site utilizando o Google My Business. Isso porque quando você coloca suas informações no Google, a plataforma automaticamente transfere-as para a criação de um site.

Esse site é gratuito e você ainda pode incluir fotos, vídeos e tema. Um site sempre será otimizado quando você adicionar esses itens, podendo ser exibido em computadores, notebooks e dispositivos móveis.

Para criar o site é muito fácil. Basta entrar na sua conta do Google Meu Negócio, clique no menu e procure por site. Pronto! Nessa página você poderá alterar e otimizar seu site quando quiser.

Como colocar sua empresa no Google Maps

google-maps-vhsys

Quem nunca recorreu ao Google Maps para chegar em algum lugar? Seja por falta de conhecimento do trajeto, ou para conseguir desviar do trânsito pela melhor rota.

O Google Maps pode ser acessado tanto em sua plataforma web quanto na versão para mobile, garantindo maior praticidade no uso da ferramenta.

O cadastro das informações no Google Maps é gratuito e o processo é bem simples. Veja abaixo:

vhsys-google-maps

Muitas pessoas acreditam que para colocar as informações comerciais no Google deve ser muito burocrático, além de gastar uma nota, mas não é bem assim.

Como já dito anteriormente, você não precisa pagar nada para colocar suas informações no Google e para registrá-las é bem simples. 

O primeiro passo é entrar na sua conta Google. Assim que estiver logado na sua conta já é possível alterar todo e qualquer tipo de informação do seu negócio. 

Basta acessar o Google Meu Negócio e seguir as instruções da plataforma, incluindo os dados da sua empresa como nome, endereço, contato, se você quer adicionar um local que os clientes podem visitar e muito mais. 

Depois de incluir todas as informações na plataforma, o Google finaliza o cadastro enviando uma correspondência para o endereço com um código de cadastro para verificar se os dados informados são verdadeiros.

Assim que você receber a carta e seguir com confirmação do endereço pelo código informado na carta, o local passa a ser oficializado pelo Google.

Como adicionar foto da minha empresa no Google Maps?

Se você possui uma empresa que já foi verificada no Google Meu Negócio, aprenda então como adicionar fotos do seu negócio na plataforma.

é importante lembrar que você pode colocar qualquer tipo de foto seja foto de capa, logotipo e fotos adicionais. Mas antes de adicionar as fotos, é preciso que você verifique se a foto está em formato PNG ou JPG. 

Em relação ao tamanho, o recomendado é que tenha entre 10 KB e 5 MB e a resolução recomendada é de 720 px de altura e largura.

Outra dica muito importante é sobre a qualidade da imagem. Lembre-se de tirar uma foto nítida e em um lugar bem iluminado. Não mascare a imagem com a utilização de filtros e photoshop.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assuntos relacionados

Cadastro Newsletter

Fique por dentro dos principais assuntos do mundo do empreendedorismo. Atualize seus conhecimentos, baixando materiais como ebooks, planilhas, vídeos e muito mais.