Conecte-se ao conhecimento

Sistema de Gestão Online

Checklist Black Friday 2019: sua loja já está preparada?

Por que você já precisa começar a pensar na Black Friday?

Considerada a data mais importante do e-commerce brasileiro, a Black Friday é a ocasião perfeita para lojistas alavancarem as vendas online. No entanto, ainda há quem deixe para se preparar de última hora para a campanha.

Essa é uma estratégia arriscada porque reduz as chances de sucesso e pode até gerar problemas na operação. Sendo assim, planejamento e antecipação são fatores fundamentais para que a loja conquiste alta performance na data.

Preparamos este post para falar mais sobre a relevância da Black Friday e explicar por que você já deve começar a se preparar para ela. Também separamos 5 dicas para que lojistas tenham um ótimo desempenho de vendas na campanha de 2019, que acontecerá no dia 29 de novembro. Continue a leitura para saber mais!

O potencial da Black Friday para o e-commerce brasileiro

A Black Friday chegou ao Brasil em 2010 e se tornou extremamente relevante para o varejo do país, especialmente o online. A data gerou um faturamento de R$ 2,6 bilhões para o e-commerce em 2018 e, neste ano, deve movimentar R$ 3,45 bilhões – alta de 18% –, conforme estimativas da Ebit|Nielsen. O volume de pedidos também vai crescer e pode passar de 10 milhões de solicitações.

A partir desses dados, fica nítido o potencial que a Black Friday representa para lojistas. Entre as inúmeras vantagens geradas pela data estão atração de novos clientes, giro de estoque, fortalecimento das marcas e aumento de vendas, por exemplo. Portanto, ficar de fora dela não é uma opção para quem vende online.

No entanto, obter sucesso na campanha não depende apenas da vontade de vender. Além da dedicação, é preciso ter estratégia e planejamento. Dados do Google e da Provokers revelam que 26% do público começa a pesquisar ofertas da Black Friday com pelo menos um mês de antecedência.

Ou seja, se você quer ter um bom desempenho no dia 29 de novembro, já é hora de definir a estratégia da sua loja.

Pensando nisso, listamos 5 dicas infalíveis que vão ajudar você a se destacar da concorrência e turbinar as vendas na Black Friday 2019. Confira a seguir!

Dicas para vender na campanha

1) Selecionar produtos de alta demanda

Trabalhar com produtos de alto potencial é uma excelente estratégia para quem quer se destacar na Black Friday. Itens populares no mercado atraem tráfego qualificado, têm rápida circulação em estoque e geram boas taxas de conversão.

Dessa forma, inclua no portfólio da loja as mercadorias mais buscados pelo público no e-commerce e no seu segmento de atuação.

Nossa dica para que você identifique quais são esses itens de destaque é acompanhar as tendências do e-commerce e o que a concorrência está fazendo. Você pode fazer isso por meio do Google Trends, ferramenta que revela os termos mais buscados no Google em determinados períodos.

Outra sugestão é conferir a Lista do Milhão 5.0, material gratuito produzido pelo Olist que reúne 20 produtos com altíssimo potencial de vendas no e-commerce.

2) Reforçar o estoque da loja

Se você quer ter uma Black Friday histórica, reforce o estoque para atender à demanda do público no período.

Para fazer isso, priorize os produtos estratégicos da loja – aqueles que têm maior potencial de venda – e prepare o estoque de acordo com o potencial de cada item. Assim, você garante que não haja ruptura de estoque, falha grave que pode prejudicar a reputação da marca.

3) Ter ofertas competitivas

Quando trata-se de Black Friday, preço agressivo é a palavra-chave. De acordo com uma pesquisa da Google e da Provokers, 46% das pessoas que compram na data consideram que o preço é o fator de maior importância.

Portanto, ter ofertas competitivas é fundamental para que a sua loja fique à frente da concorrência e conquiste um volume expressivo de vendas.

Nesse sentido, algumas estratégias além dos descontos podem ajudar você a faturar mais e aumentar o ticket médio dos pedidos. A primeira delas é oferecer frete grátis em itens específicos ou em pedidos acima de determinado valor.

Outra possibilidade é criar kits de produtos para estimular a compra. Porém, planeje-se ao oferecer descontos e frete grátis para que a loja não tenha prejuízos financeiros.

4) Anunciar em marketplaces

Imagine expor os produtos da sua loja em vitrines vistas por milhões de consumidores na Black Friday. Incrível, não? É exatamente isso que os marketplaces podem fazer pela sua loja!

Esses canais funcionam como grandes shopping centers online e recebem milhões de visitantes por dia, durante o ano todo. Sites como Mercado Livre, Americanas e Amazon são exemplos de destaque.

Entre as vantagens de anunciar em marketplaces estão altíssima visibilidade, tráfego qualificado e segurança, tanto para lojistas quanto para clientes. Além disso, vale destacar que a venda em marketplaces envolve baixos investimentos – todos os gastos com tecnologia e divulgação das ofertas ficam por conta dos próprios canais. 

Portanto, vender em sites desse tipo é uma estratégia muito indicada para quem deseja diversificar os canais de venda, ganhar visibilidade e ter um alto retorno sobre investimentos. Se esse é o caso da sua loja, conheça o Olist. Essa solução, que já conta com mais de 7 mil clientes, ajuda lojistas de todos os portes e segmentos a obterem destaque nos maiores sites do Brasil.

5) Ter uma operação agilizada

A última – mas não menos importante – dica para que a sua loja faça sucesso na Black Friday é ter uma operação eficiente. Um dos maiores desafios dessa data diz respeito ao pós-venda.

Devido ao alto volume de pedidos, é comum que haja atrasos nas entregas e aumento nas solicitações de troca, por exemplo. Por essa razão, é importante que você mapeie tais riscos e crie estratégias para se proteger

Aqui, a principal recomendação é ser ágil na operação. Se for possível, deixe os produtos pré-embalados, fature os pedidos assim que recebê-los e não demore para postar as encomendas nos Correios.

Junto a isso, dilate os prazos de entrega – ter prazos mais longos é melhor do que cometer atrasos. Pequenas ações como essas podem melhorar muito a performance da sua loja.

Planeje-se para a Black Friday e fature muito mais!

E aí, gostou das nossas dicas para a Black Friday? Agora que você já conhece o potencial da campanha e sabe o que fazer para ter uma boa performance de vendas, é hora de partir para a ação.

Avalie o que precisa ser melhorado na estratégia da sua loja e liste as prioridades para a campanha. Quanto antes você se preparar, melhores serão os resultados. Boas vendas!

Tem dúvidas ou quer sugerir outras dicas? Compartilhe nos comentários!

Conteúdo produzido por: Olist

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Assuntos relacionados

Cadastro Newsletter

Fique por dentro dos principais assuntos do mundo do empreendedorismo. Atualize seus conhecimentos, baixando materiais como ebooks, planilhas, vídeos e muito mais.