Você sabe como funciona o Simples Nacional?

Consultor VHSYS

simples nacional vhsys

 

Se você é dono do próprio negócio você já deve ter ouvido falar do Simples Nacional. Certo?

Caso você não conheça, está na hora de conhecer!

O Simples Nacional é um regime tributário simplificado criado em 2007 para facilitar a vida dos micro e pequenos empreendedores, que arrecadam até 3,6 milhões de reais por ano. O Simples unifica oito tributos em apenas um documento: o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS). Ou seja, os impostos federais, estaduais e municipais que antes eram recolhidos separadamente, podem ser pagos em apenas um documento, resultando em economia de tempo e de dinheiro.

 

De acordo com a Receita Federal, em alguns casos, a redução de impostos pode chegar a 78%, conforme a quantidade de mão de obra empregada. Hoje, 80% das empresas brasileiras participam do Simples Nacional.

O Simples reúne, em apenas um documento, os seguintes impostos:

1) Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ);

2) Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);

3) Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL);

4) Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS);

5) Contribuição para o PIS/Pasep; 6) Contribuição Patronal Previdenciária (CPP);

7) Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS);

8) Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

 

linha simples

 

Podem participar do Simples todos os tipos de micro e pequenos empresários: comerciantes, prestadores de serviço, advogados, dentista, etc., é preciso apenas que a empresa tenha um faturamento de no máximo 3,6 milhões por ano. E, para permanecer no regime, é necessário estar com os impostos em dia.

O pagamento do Simples é feito por meio da emissão do documento único de contribuição, o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). Para que a impressão do documento de arrecadação seja possível, é preciso que o valor seja calculado obrigatoriamente pelo sistema online da Receita Federal, na página do Simples Nacional na internet. Esse valor, pago ao banco, é repassado por um sistema do Banco do Brasil que distribui os recursos automaticamente dentro de um dia.

Mais informações: http://www8.receita.fazenda.gov.br/simplesNacional/

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Consultor VHSYS
Sobre o autor
Consultor VHSYS

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações