Tem uma confraternização da empresa para ir? Veja dicas para não cometer gafes

VHSYS

Mais um ano está chegando ao seu final e dentro de alguns dias começam as comemorações de fim de ano das empresas. Algumas já até começaram. Você sabe como utilizar estes eventos a seu favor? Há uma grande diferença entre uma festa qualquer e a festa da empresa, já que a última pode ser considerada uma extensão do trabalho. Na festa da empresa, todos os seus comportamentos serão observados e comentados no dia seguinte. Por isso, não dê bobeira!

Comporte-se de maneira cordial, é o momento em que você pode falar com pessoas com quem nem sempre fala, puxar um assunto, conhecer, sempre de maneira educada. A informalidade é permitida pela pessoa com quem você está interagindo, mas preste atenção aos sinais do outro para saber o grau de formalidade que você deve usar.

Aproveite para conhecer melhor um chefe ou diretor que você trabalha com certo distanciamento. É claro que não é o momento de ser inconveniente e ficar falando só de trabalho… é uma festa. Você deve mostrar a sua capacidade de discorrer sobre assuntos variados, aquela leitura diversificada e atualizada irá lhe ajudar neste momento.

A vestimenta é sempre uma dúvida, afinal é o momento de ir um pouco diferente do usual, mas sem chamar atenção demais. Se a festa for de dia, em um sítio, por exemplo, ou em lugar aberto, prefira roupas mais à vontade. As mulheres devem evitar decotes, e podem utilizar uma blusinha diferente, desde que não chame muita atenção. Para os homens, uma camiseta polo cai bem, evite regatas. Prefira tênis a chinelos. Lembre-se: a festa é extensão da empresa.

Se a festa for à noite, em um restaurante, para as mulheres, recomendo um vestido de cor discreta, sem decote. O vestido não pode ser curto. Mesmo na festa, o importante é você como profissional, não o seu corpo. Para os homens, recomendo calça de sarja ou social, camisa sem gravata.

Atenção para a bebida. Beber demais é muito inconveniente. Flertar com colegas de trabalho também é inadequado. Falar demais ou usar roupas chamativas também não é bom. Procure não dançar chamando a atenção nem de forma insinuante e nem levar parentes que não foram convidados para a festa, por exemplo, sobrinhos e afilhados, quando a festa é só para os filhos.

Leve seu companheiro somente se for permitido. No convite já vem escrito, jantar com acompanhantes, ou algo do gênero. Na dúvida, pergunte discretamente para quem está organizando o evento. Se não vier escrito e o organizador disser que é um evento apenas para funcionários, simplesmente não é para levar, mesmo que o cônjuge queira. Neste caso, você tem duas opções, não ir ou ir sozinho. Levar acompanhante em festa que é para ir sozinho é uma gafe e uma falta de educação com quem a organiza!

No mais, siga confiante e boa sorte!

Fonte: Administradores.com

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

VHSYS
Sobre o autor
VHSYS
A VHSYS foi desenvolvido para que o empreendedor possa utilizar a tecnologia a serviço do seu negócio. Nosso objetivo é ajudar o micro e pequeno empresário a fazer a gestão eficiente de sua empresa, com maior produtividade e melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações