Por que as empresas de médio porte quebram? - VHSYS Blog

Por que as empresas de médio porte quebram?

VHSYS

Empresas de médio porte quebram

As discussões acerca da mortalidade das pequenas empresas são recorrentes quando se fala de empreendedorismo e em criar condições mais convidativas para se empreender o próprio negócio. Mas pouco se fala das empresas de médio porte.

Os desafios de qualquer empresa nunca cessam. Eles existem na fase pré-operacional, na criação do negócio e nas fases seguintes. É o ciclo de vida das organizações que em cada momento precisam superar barreiras com vistas ao crescimento de longo prazo.

Como a maior parte dos negócios que estão em atividade teve os mesmos desafios no início da empresa, é comum encontrar estudos e estatísticas que foquem os primeiros 3 a 4 anos de vida de uma empresa. Mas e depois? O que ocorre quando a empresa ultrapassa essa fase?

As chamadas empresas em crescimento passam pela fase inicial de recuperação do investimento e entram em um novo ciclo. Muitas adquirem o porte do que se chama média empresa (nem micro/pequena e nem grande).

A média empresa pode existir por décadas e muitas vezes é gerida por pessoas de uma mesma família ou funcionários de longa data na casa. Algumas entram em um estágio de sensação de autossuficiência e com isso falham.

Na verdade, alguns estudos mostram que é mais comum e desastrosa a quebra de uma empresa de médio porte que aquelas chamadas de pequenas porque quando o problema fica claro já se passaram anos de atraso e a solução se mostra insolúvel à primeira vista.

Um estudo que será publicado ainda este ano nos EUA por Robert Sher mostra que, diferentemente das grandes empresas, as médias não possuem talento tecnológico e organizacional para cessar o problema que está levando a empresa à quebra rapidamente.

E ainda, há algumas características típicas que as médias empresas tendem a não perceber a tempo, pois passam a fazer parte do seu dia a dia.

Entre elas destacam-se: força de vendas arrogante, que pressiona de maneira exagerada a cadeia de valor; desatualização tecnológica e de infraestrutura; poucos talentos em áreas chave; depender excessivamente de poucos clientes.

O fato é que há desafios em qualquer fase do processo empreendedor. O papel do líder empreendedor é perceber e antecipar os problemas, buscando soluções adequadas ao momento que vivencia em seu negócio.

Médias empresas já passaram pela primeira fase que ainda muitas empresas não conseguem ultrapassar no Brasil (sobreviver ao terceiro ano de vida). Porém, os riscos de um grande tropeço são altos, caso o empreendedor não fique atento e vigilante.

Fonte: Uol

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

VHSYS
Sobre o autor
VHSYS
A VHSYS foi desenvolvido para que o empreendedor possa utilizar a tecnologia a serviço do seu negócio. Nosso objetivo é ajudar o micro e pequeno empresário a fazer a gestão eficiente de sua empresa, com maior produtividade e melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais