Inflação recua em quatro de sete capitais pesquisadas, divulga FGV

VHSYS

Quatro das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas tiveram redução na taxa de variação do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), na terceira semana de setembro, divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre/FGV). Porto Alegre teve o maior decréscimo (0,47% para 0,33%) e São Paulo a maior variação de alta (0,19% para 0,30%)

A inflação registrada no período de sete dias, divulgada ontem (24) pelo instituto, foi a mesma da semana anterior, 0,27%. O resultado em Porto Alegre se deveu principalmente aos grupos educação, leitura e recreação, que caiu de 1,31% para 0,33%, e alimentação, de 0,67% para 0,22%.

Na capital paulista, a maior variação foi de vestuário (de -0,06% para 0,71%) seguida por comunicação (de 0,42% para 0,69%), transportes (de -0,16% para 0,04%), alimentação (de 0,26% para 0,38%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,46% para 0,48%).

Recife, Salvador e Rio de Janeiro tiveram retrações menores na taxa. Brasília teve variação contrária, subindo de 0,32% para 0,33%, com acréscimo nos grupos transportes e habitação. Em Belo Horizonte, foram alimentação e comunicação os grupos que puxaram a alta na taxa de variação, de 0,29% para 0,37%.

De acordo com a FGV, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) mede a variação de preços de um conjunto fixo de bens e serviços componentes de despesas habituais de famílias com nível de renda situado entre 1 e 33 salários mínimos mensais. Sua pesquisa de preços se desenvolve diariamente, cobrindo sete das principais capitais do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte,  Recife, Porto Alegre e Brasília.

Fonte: Agência Brasil

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

VHSYS
Sobre o autor
VHSYS
A VHSYS foi desenvolvido para que o empreendedor possa utilizar a tecnologia a serviço do seu negócio. Nosso objetivo é ajudar o micro e pequeno empresário a fazer a gestão eficiente de sua empresa, com maior produtividade e melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações