Como preparar as finanças da empresa em caso de demissão

Fernando

como-preparar-financas-demissao-07-03-blog-vhsys-01

A demissão, que pode ser ocasionada pelo desligamento voluntário do funcionário ou encerramento de contrato por parte da empresa, implica em desequilíbrio econômico.

Por isso, preparamos esse artigo para auxiliar você, empresário, a preparar as finanças da organização para casos de demissão. Acompanhe!

Tipos de demissão

O encerramento do vínculo empregatício por parte da empresa pode ocorrer em duas situações: com ou sem justa causa

A demissão sem justa causa ocorre quando o empregador não necessita mais dos serviços exercidos pelo empregado e, nesse caso, não especifica nenhum motivo específico para desligamento.

Já a demissão por justa causa ocorre quando o empregado descumpre normas previstas em leis que justifique o desligamento do mesmo.

Conheça o sistema de gestão empresaria VHSYS!

Direitos do trabalhador

Quando a demissão ocorre por parte do empregador, sem justa causa, o trabalhador deve receber:

  • Salário referente ao número de dias trabalhados e, em caso de aviso prévio indenizado, o empregado receberá o salário com a rescisão;
  • Férias proporcionais aos meses trabalhados com adicional de 1/3 de férias;
  • 13º salário proporcional aos meses trabalhados;
  • Indenização compensatória de 40% dos depósitos do FGTS;
  • Saque do FGTS depositado na Caixa Econômica Federal;
  • Seguro desemprego, se o funcionário tiver trabalhado por, no mínimo, seis meses.

Já em caso de demissão com justa causa, o trabalhador deve receber:

  • Salário referente ao número de dias trabalhados;
  • Férias vencidas com adicional de 1/3 se houver.

Deveres do empregador

Na demissão sem justa causa, o ara deve notificar o funcionário sobre o desligamento com antecedência para dar a ele o tempo necessário para procurar outro emprego e se organizar financeiramente. Além disso, é o tempo ideal para que você procure outro funcionário.

Vale lembrar que neste caso, o empregador deve providenciar ao ex-colaborador os documentos de acesso ao seguro-desemprego e FGTS.

Já na demissão com justa causa é extremamente importante que o empregador tenha todos os documentos que comprovem o motivo da demissão (falha de conduta, comportamento inapropriado, etc) com a assinatura do empregado, declarando estar ciente das falhas comportamentais.

Outro ponto importante é respeitar os prazos de entrega de documentos e pagamentos em ambas as rescisões para evitar ações trabalhistas.

Controle financeiro

Como preparar as finanças da empresa em caso de demissão

Todo o processo de demissão e contratação de um novo funcionário demanda tempo e dinheiro. Para a sua empresa não ficar no vermelho, é importante ter fazer o seu controle e planejamento financeiro.

Faça um planejamento informando todos os custos operacionais como salários e benefícios dos funcionários, Retorno Sobre o Investimento (ROI), produtos lucrativos, custos fixos (água, luz, telefone, internet, etc), custos variáveis (custos de produção da mercadoria ou execução do serviço), contas a receber.

Ferramentas de controle financeiro

O sistema online de gestão empresarial VHSYS possui um módulo completo de controle financeiro para micro, pequenas e médias empresas. Além disso, na loja de aplicativos você encontra recursos específicos para o controle financeiro do seu negócio, como o aplicativo Cobranças, que faz a gestão dos boletos e os envia automaticamente por SMS ou e-mail todos os boletos emitidos por sua empresa.

Experimente grátis!

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

Fernando
Sobre o autor
Fernando
Formado em Marketing e Coordenador de Marketing de Conteúdo na VHSYS.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações