Abertura de empresas no cai 15% em um ano

VHSYS

De janeiro a outubro de 2013, foram abertas no Rio de Janeiro 33.728 empresas. No mesmo período do ano passado, o número já chegava a 40 mil. Segundo o presidente da Junta Comercial do Rio de Janeiro (Jucerja), Carlos de La Rocque, a queda de 15% se deve ao fraco desempenho da economia este ano. “O momento econômico reflete diretamente na abertura de empresas. Ninguém quer colocar dinheiro em um negócio num momento de crise. Se a economia vai bem e a credibilidade do país está em alta, a confiança do empresariado também é maior”.

Segundo o presidente do Conselho Empresarial de Comércio de Bens e Serviços da ACRJ, Aldo Gonçalves, a baixa de registros das empresas deve ser entendida como um sinal de alerta. “Hoje em dia, por mais que se tente estimular o empreendedorismo, não tem sido fácil ter uma empresa no Brasil. As condições são cada vez mais difíceis, os juros muito altos e a burocracia excessiva. O número de empresas que abrem e logo fecham, também, desestimula o empresariado. É realmente um dado relevante, porque a população cresce e o número de empresas existentes deveria crescer junto. Mas, infelizmente, não tem sido assim”, disse Aldo.

Fonte: Monitor Digital

Receba conteúdos exclusivos em seu email e fique por dentro das últimas novidades no ambiente empresarial!

VHSYS
Sobre o autor
VHSYS
A VHSYS foi desenvolvido para que o empreendedor possa utilizar a tecnologia a serviço do seu negócio. Nosso objetivo é ajudar o micro e pequeno empresário a fazer a gestão eficiente de sua empresa, com maior produtividade e melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.

deixe seu comentário

adicionar comentário
Cancelar

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário neste post. Seja o primeiro!

Visualizar mais
Rated 4.9/5 based on 11 avaliações