5 lições de Richard Branson para quem está abrindo uma empresa

VHSYS

Abrindo uma empresa

 

Abrindo uma empresa

O inglês Richard Branson, de 63 anos, começou a empreender desde cedo. Sua primeira empresa foi uma loja de discos. Ele se considerava “virgem” quando o assunto eram negócios e o nome escolhido para o empreendimento refletia essa inexperiência: em 1973, nascia a Virgin Records.

Depois, a loja virou gravadora e Branson construiu um império, com atuação no mercado fonográfico, na aviação e até em viagens aeroespaciais.

Branson tem um espaço, no site da revista Entrepreneur, em que responde perguntas dos leitores. Na semana passada, o inglês deu uma verdadeira aula de empreendedorismo a Felix Yim, um estudante do ensino médio da Austrália. Yim vende chaveiros no eBay e está se dando bem, mas quer abrir uma “empresa de verdade”, em suas palavras.As lições dadas por Branson a Yim se aplicam a qualquer empreendedor que queira começar uma empresa. Segundo o dono da Virgin, o caminho é difícil, mas prazeroso. Confira dicas para abrir sua empresa e ter sucesso com ela:

1) Precisa de dinheiro? Se vira! – Sem capital, não dá para abrir o negócio. Simples assim. Branson conta que, quando começou a empreender, fazia de tudo para ganhar dinheiro – entregar jornais, lavar carros e aparar a grama do jardim dos vizinhos estavam entre suas atividades.

Trazendo a “correria” de Branson para a nossa realidade, é importante perguntar aos vizinhos e à família se eles precisam de alguma coisa. Trabalhe e junte o dinheiro.

Vale ressaltar que o capital inicial da empresa não precisa ser seu. Caso você precise de mais grana, financiamentos bancários, sites de crowdfunding e investidores-anjo são outras opções.

2) Arranje um ótimo nome –
 Provavelmente, não é novidade para ninguém que o nome de uma empresa é muito importante para o sucesso. Segundo Branson, o nome precisa ser “pegajoso” o suficiente para fazer as pessoas relacionarem a marca ao produto.

No entanto, há exceções. Um exemplo? A própria Virgin. Este é um nome que não tem nenhuma relação com nenhum dos produtos e serviços oferecidos pelo conglomerado. Mesmo assim, chama a atenção – as pessoas se perguntam sobre o porquê do nome e não se esquecem da marca.

3) Atenda bem – Outra forma de se destacar é por meio do bom atendimento. A experiência da compra não se baseia apenas na qualidade dos produtos, mas no comportamento de quem vende e na postura da empresa no pós-venda.

4) Venda produtos únicos – Este é um dos diferenciais de negócios bem-sucedidos. Se uma empresa vende produtos únicos, menor a possibilidade de a concorrência vender as mesmas coisas. Na loja de discos, Branson vendia discos raros, dificilmente encontrados em outras lojas.

Mais recentemente, a empresa de Branson mostrou que a busca por novos produtos e serviços não é balela. Desde 2004, a Virgin Galactic oferece algo exclusivo: viagens espaciais.

5) Não se esqueça da regras de ouro – Por fim, Branson pede que os empreendedores não deixem de lado o que, para ele, são a principal regra para quem quer ter sucesso: faça o que você gosta de fazer.

Fonte
Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Via
PE&GN

 

Fique por dentro das ultimas novidades no ambiente empresarial

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

VHSYS
Sobre o autor
VHSYS
A VHSYS foi desenvolvido para que o empreendedor possa utilizar a tecnologia a serviço do seu negócio. Nosso objetivo é ajudar o micro e pequeno empresário a fazer a gestão eficiente de sua empresa, com maior produtividade e melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.